Ao mestre com carinho: Carlão Barreto apresenta coluna na TATAME e reflete sobre os desafios de um professor

Publicado em 04/08/2020 por: Tatame Tatame
Ao mestre com carinho: Carlão Barreto apresenta coluna na TATAME e reflete sobre os desafios de um professor Carlão Barreto falou sobre a importância do professor atualizar seus métodos de ensino (Foto divulgação)

publicidade

“Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina”. (Cora Coralina)

* Olá, galera boa de luta da Revista TATAME! O desafio de me tornar colunista desta renomada publicação me trouxe a certeza e o estímulo que minhas ideias e reflexões poderão ser compartilhadas para mais pessoas. O tema dessa coluna não ficará restrito apenas a profissão professor, ele será mais amplo, e iremos navegar através da nobre missão de ensinar.

Como foi colocado com brilhantismo pela poetisa Cora Coralina: “Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina”. A profundidade dessa frase nos leva a um mergulho na profissão de professor. Entendemos que a cada aula ministrada, somos levados a um sentimento que navega do contentamento ao júbilo. Ver um aluno feliz por aprender algo novo, superar uma limitação ou simplesmente assisti-los evoluir.

Início mais uma etapa em minha jornada de ensinar, orientar, aprender, desafiar, motivar e estimular as pessoas a descobrirem e desenvolverem todo o seu potencial. Por isso, minha missão é compartilhar conhecimento, promovendo transformação na vida das pessoas. Todo professor é um agente de transformação, que deve buscar constantemente seu desenvolvimento profissional e também pessoal.

Neste espaço, irei compartilhar minhas experiências em sala de aula, trazer artigos relevantes para a comunidade das lutas e entrevistar meus irmãos de profissão. O intuito é trazer um conteúdo relevante para professores e alunos ávidos por conhecimento. Muitas vezes serei aprendiz, outras irei observar, tantas outras irei provocar e, algumas poucas vezes, serei mestre. Convido a todos para virem comigo nesta jornada pela nobre profissão de ensinar. Ser professor de artes marciais não se resume ao ensino de técnicas, a nossa missão transcende os tatames. Nossa missão é usar as situações singulares das lutas para levar nossos alunos a uma experiência única de bem-estar físico e mental. Com a humildade dos sábios, cultivar os valores que sedimentam as lutas, para sermos auxiliadores na formação do caráter de nossas crianças e adolescentes, para tornarem-se adultos mais seguros, tolerantes e saudáveis.

Termino a minha coluna de estreia com uma célebre frase do Grande Mestre Jigoro Kano, frase que me inspirou e ainda inspira, em minha trajetória como artista marcial: “Nunca te orgulhes de haver vencido a um adversário, ao que vence hoje poderá derrotar-te amanhã. A única vitória que perdura é a que se conquista sobre a própria ignorância”. Pense, reflita, aprenda, crie, compartilhe e faça a diferença!

* Por Carlão Barreto um faixa-preta de Jiu-Jitsu apaixonado pelo que faz. Um professor buscando crescimento, para um dia virar um educador. Construindo seu legado com fé, foco e atitude.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Instagram
Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade