Os planos de expansão do Taura MMA têm se mostrado cada vez mais ambiciosos. Depois de fechar com nomes como William Patolino, Rousimar Toquinho e Antônio Pezão, a organização anuncia a chegada de mais três nomes de peso: Efrain Escudero, Bruno Korea e José Maria “No Chance” agora fazem parte do plantel do Taura.

Campeão do TUF 9, Efrain Escudero chegou em 2008 ao UFC, evento no qual permaneceu por dois anos. Apelidado de “Hecho en Mexico”, o atleta chega ao evento representando uma grande soma de fãs latinos de MMA, que agora podem ver seu ídolo em uma nova casa. O lutador de 34 anos soma nada
menos do 31 vitórias em quase 50 lutas profissionais. Com planos ousados para a organização, o CEO do Taura MMA, Djônatan Leão, falou sobre a expectativa para as novas contratações dentro do evento.

“Temos uma programação muito interessante, não queremos que eles façam apenas uma luta no Taura. O evento está sendo renovado junto ao elenco e, com isso, estamos trazendo algumas estrelas. Vai ser muito legal ter o Efrain Escudero, representando o público latino. Vamos ter o Bruno Korea, um cara muito experiente. A expectativa é grande em cima desses atletas, acredito que eles vão ter uma grande performance no Taura, tanto em 2020, quanto em 2021”, declarou Djônatan.

Aos 38 anos, Jose Maria “No Chance” tem um longe currículo no MMA. Com 39 triunfos na carreira, o atleta chegou a manter uma das maiores invencibilidades do MMA entre os anos de 2008 e 2013, época em que foi contratado pelo Ultimate. Somando altos e baixos desde então, o atleta que vinha trilhando sua jornada na Rússia agora espera se reencontrar no Taura. Já Bruno Korea é um atleta mais jovem. Aos 29 anos, o lutador foi um dos participantes do extinto TUF Brasil, onde acabou derrotado nas semifinais da quarta edição do programa. Somando 11 vitórias e apenas três derrotas na carreira, o lutador surge como um atleta de grande potencial para a organização.