Dana garante Jennifer Maia como próxima desafiante ao cinturão peso-mosca, e Valentina dá recado: ‘Te vejo em breve’

Publicado em 03/08/2020 por: Mateus Machado
Dana garante Jennifer Maia como próxima desafiante ao cinturão peso-mosca, e Valentina dá recado: ‘Te vejo em breve’ Jennifer Maia é uma das atletas presentes no novo game do UFC (Foto reprodução Instagram @jennifermaia)

publicidade

Dias depois de Deiveson Figueiredo se consagrar como novo campeão peso-mosca do Ultimate entre os homens ao derrotar Joseph Benavidez, o Brasil pode estar próximo de ter uma nova campeã na divisão. No último sábado (1), Jennifer Maia teve grande atuação no UFC Fight Night 173, em Las Vegas (EUA), e finalizou Joanne Calderwood com um armlock ainda no primeiro round, emplacando sua terceira vitória nas últimas quatro lutas pela organização.

Com o resultado convincente, a brasileira – atual sexta colocada no ranking peso-mosca – dá um salto considerável em busca de ser a próxima desafiante ao cinturão da categoria, atualmente com Valentina Shevchenko. Quem confirmou isso foi Dana White, presidente do Ultimate, que fez elogios ao desempenho da curitibana e também parabenizou o trabalho da escocesa, antes cotada como postulante ao título.

“Sim, essa é a luta pelo cinturão (entre Valentina Shevchenko e Jennifer Maia). Eu tenho muito respeito pela Joanne Calderwoo), ela está trabalhando duro, levando sua carreira muito a sério e está de volta aos trilhos desde que se mudou para Las Vegas. Mas Jennifer parecia muito bem esta noite (sábado), então faz sentido que ela e a Valentina lutem”, disse Dana, de acordo com transcrição do site MMA Fighting.

Através das redes sociais, a campeã se antecipou à “decisão” de Dana White e, logo após a vitória de Jennifer sobre Joanne Calderwood, mandou um recado para a rival brasileira: “Vejo você em breve, Jennifer Maia”.

Com 31 anos e um cartel de 18 vitórias e seis derrotas no MMA profissional, Jennifer integra o plantel do Ultimate desde 2018 e contabiliza três triunfos e dois reveses em cinco lutas pela organização. Ao falar sobre o combate diante de Calderwood, a brasileira afirmou que, talvez, a escocesa a tenha “subestimado um pouco”, ressaltando que o mesmo não deve ocorrer por parte da campeã Valentina Shevchenko.

“Eu acho que a Joanne me subestimou um pouco. Ela teve uma luta pelo cinturão confirmada e, em seguida, recebeu um aviso prévio para lutar comigo em duas semanas. Eu acho que ela me subestimou um pouco. Porém, acredito que a Valentina é uma lutadora mais inteligente. Ela é a campeã e acho que vai me estudar muito bem. Eu não creio que ela vai me subestimar”, opinou a curitibana, que por fim, analisou Valentina.

“Ela é muito boa em todas as áreas da luta, mas vamos descobrir melhor quando lutarmos. Estou me sentindo muito bem, estou me sentindo pronta e vamos descobrir (quando entrar no octógono)”, finalizou.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade