Derrotada por Jennifer Maia no UFC Las Vegas, Joanne Calderwood desmaia após o duelo e é levada ao hospital; saiba mais

Publicado em 03/08/2020 por: Mateus Machado
Derrotada por Jennifer Maia no UFC Las Vegas, Joanne Calderwood desmaia após o duelo e é levada ao hospital; saiba mais Joanne Calderwood (à esquerda) desmaiou pouco depois de sua luta contra Jennifer Maia (Foto reprodução YouTube UFC)

publicidade

Antes cotada para ser a próxima desafiante ao cinturão peso-mosca do Ultimate, Joanne Calderwood teve uma noite para ser esquecida no UFC Fight Night 173, realizado no último sábado (1), em Las Vegas (EUA). Em ação no co-main event, a escocesa foi derrotada por Jennifer Maia ainda no primeiro round ao ser finalizada com uma chave de braço e viu a brasileira se tornar a principal postulante à disputa de título da categoria – que tem Valentina Shevchenko como atual campeã. Além disso, “Jojo” ainda passou por um susto após o confronto.

Presidente do Ultimate, Dana White revelou em entrevista aos jornalistas após o evento que Calderwood sofreu um repentino desmaio depois da luta contra Jennifer Maia, sendo encaminhada para um hospital de Las Vegas imediadamente: “Eu não sei (o que aconteceu exatamente). Ela (Joanne Calderwood) desmaiou depois da luta e levamos ela para o hospital”, explicou Dana, sem dar maiores detalhes do ocorrido.

Pouco depois, o empresário da atleta, Danny Rubenstein, afirmou que uma queda de pressão sanguínea ocasionou o desmaio de Joanne. No entanto, ao ser transportada para o hospital, a lutadora já estava bem.

“Ela está ‘ok’ agora. Ela estava sendo liberada na sala médica e desmaiou enquanto sentava. Eles colocaram ela para deitar. Os batimentos do coração caíram um pouco, mas já foi tudo estabilizado”, disse o manager.

No último domingo (2), através do Instagram, Calderwood compartilhou uma mensagem com seus fãs e falou sobre a “noite difícil” que passou no sábado (1), aproveitando também para parabenizar Jennifer Maia.

“Bem, foi uma noite difícil no escritório. Parabéns a Jennifer Maia! Estou muito agradecida por minha família, amigos e fãs que estão aqui para me ajudar a me recuperar nessa vida louca que todos compartilhamos. É uma luta, todos os dias nós lutamos, mas não é todo dia que seguimos nosso caminho. Obrigado a todos os funcionários do UFC, aos médicos e ao meu cavaleiro de armadura brilhante John Wood (noivo), desculpe por assustar você”, escreveu a lutadora da Escócia, que agora segue sua recuperação em casa.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Instagram
Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade