Ex-campeão peso-leve do Bellator, Michael Chandler fez sua última luta pela organização no dia 7 de agosto e, após nocautear Ben Henderson ainda no primeiro round, se tornou um “agente livre”, ou seja, ficou liberado para negociar e, consequentemente, lutar por outras franquias de MMA, tendo em vista que seu desejo não é mais fazer parte do plantel de atletas do Bellator.

Livre no mercado, o americano, atualmente com 34 anos, já desperta a atenção do Ultimate. Logo após o UFC 252, realizado no último sábado (15), em Las Vegas, Dana White, presidente da companhia, foi breve, mas ao ser questionado se teria interesse na contratação de Chandler, deixou a possibilidade em aberto.

“Eu adoraria me encontrar com ele. Esse cara merece”, afirmou o mandatário, em entrevista coletiva, sem revelar aos jornalistas se já teve alguma conversa inicial com o ex-campeão dos leves (em três chances).

Com um cartel de 21 vitórias e cinco derrotas no MMA, Michael Chandler teve uma longa passagem pelo Bellator, onde lutava desde 2010. Em entrevista recente, o americano falou sobre duelos que gostaria de fazer, citando nomes que estão atualmente no UFC, como Khabib Nurmagomedov e Conor McGregor.