Ortega x Zumbi Coreano, Blaydes x Lewis, Do Bronx x Dariush e diversos brasileiros em ação; UFC programa série de lutas

Publicado em 19/08/2020 por: Diogo Santarém
Ortega x Zumbi Coreano, Blaydes x Lewis, Do Bronx x Dariush e diversos brasileiros em ação; UFC programa série de lutas Após muitas remarcações, os tops do peso-pena Zumbi Coreano e Ortega irão lutar (Foto Woohae Cho / Zuffa LLC / UFC)

publicidade

Maior organização de MMA do mundo, o UFC segue trabalhando a todo vapor desde que retornou em meio à pandemia do novo coronavírus. Desde o último final de semana, diversas lutas foram anunciadas, com muitos brasileiros em ação.

Dentre os combates programados, dois serão lutas principais. Pela divisão dos penas, após meses de “trash talk”, Brian Ortega e Chan Sun Jung – o “Zumbi Coreano” – finalmente resolverão suas diferenças no dia 17 de outubro – provavelmente em um retorno do UFC à “ilha da luta”, em Abu Dhabi (EAU). A informação foi divulgada pelo site Milenio.com, e o vencedor deve se aproximar do cobiçado title shot.

Segundo colocado no ranking peso-pena do Ultimate, Ortega não luta desde 2018, quando perdeu em disputa pelo cinturão para o então campeão Max Holloway – hoje o título está com Alexander Volkanovski. Este, por sinal, é o único revés no cartel do americano, que ainda tem 14 triunfos. Já o “Zumbi Coreano” está em quarto no ranking, vindo de um nocaute devastador sobre Frankie Edgar, em dezembro passado.

Lewis e Blaydes de olho no título

No dia 28 de novembro, ainda sem local definido, será a vez dos pesos pesados Derrick Lewis e Curtis Blaydes ficarem frente a frente na luta principal da noite, de acordo com a ESPN americana. Assim como Ortega x Zumbi Coreano, o duelo também deve definir o próximo desafiante ao cinturão da categoria.

Em segundo no ranking, “Razor” Blaydes vem de quatro triunfos seguidos e, em sua trajetória no MMA, soma 14 vitórias e apenas duas derrotas, ambas para Francis Ngannou. Do outro lado, Lewis acumula três vitórias em sequência, a mais recente neste mês, ocupando a quinta colocação no Top 15 dos pesados.

Do Bronx x Dariush pelos leves

Outro confronto que promete pegar fogo vai ser entre o brasileiro Charles do Bronx, sexto no ranking peso-leve, e Beneil Dariush, atual 11º colocado. Segundo notícia da Ag.Fight, a luta está programada para o dia 3 de outubro, ainda sem local definido. Enquanto o brasileiro irá em busca da sua oitava vitória consecutiva, Dariush, que é treinado pelo brasileiro Rafael Cordeiro na equipe Kings MMA, tem cinco triunfos seguidos.

Cerrone retorna contra Price

Vivendo a pior fase da sua carreira, com uma série de quatro reveses, Donald Cerrone tentará se redimir em combate contra Niko Price marcado para o dia 19 de setembro, segundo anunciou a ESPN. O Ultimate ainda não se pronunciou de forma oficial. Apesar da má fase, o “Cowboy” Cerrone é um dos lutadores mais ativos e queridos dos fãs de MMA, e em sua longa carreira acumula grandes duelos. Do outro lado, Niko Price vem de uma derrota para o brasileiro Vicente Luque, por nocaute técnico, em maio deste ano.

Diversos brasileiros em ação

Além dos duelos já citados, outros envolvendo brasileiros foram divulgados. Pela categoria dos leves, Alan Nuguette, enfim, retornará ao octógono, para enfrentar o mexicano Rodrigo Kazula em card do dia 12 de setembro, de acordo com o site MMA Junkie. Ambos vêm de derrota e buscam a recuperação. Também pela divisão dos leves, Edson Barboza teve o seu adversário alterado e agora irá encarar o nigeriano Sodiq Yusuff, segundo informações do Combate.com. A organização chegou a ter um acordo verbal para que ele enfrentasse Jeremy Stephens, mas ele não foi adiante. Edson entra em ação dia 10 de outubro.

Embalada por duas vitórias seguidas, a “Rainha da Violência” Ariane Lipski já sabe quem será sua próxima rival. A peso-palha brasileira vai ficar frente a frente com Antonia Shevchenko – irmão da campeã peso-mosca Valentina – no card do UFC 255, marcado para o dia 21 de novembro, de acordo com a Ag.Fight.

Por fim, na divisão dos galos, Vanessa Melo tentará um “último respiro” contra a também sufocada Sarah Moras, em evento do UFC planejado para o dia 7 de novembro. Enquanto a brasileira tem três derrotas em sequência, a canadense perdeu quatro das suas últimas cinco lutas. A informação é do MMA Fighting.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade