Patrício Pitbull mira disputas entre organizações e cutuca UFC: ‘Medo dos seus lutadores perderem para os do Bellator’

Publicado em 24/08/2020 por: Mateus Machado
Patrício Pitbull mira disputas entre organizações e cutuca UFC: ‘Medo dos seus lutadores perderem para os do Bellator’ Patricky e Patrício Pitbull e estão entre os destaques do plantel do Bellator (Foto Bellator MMA)

publicidade

* Há mais de 25 anos no mercado, o Ultimate se consolidou há muito tempo como a maior organização de MMA do mundo, com uma certa margem de distância para outras franquias da modalidade. No entanto, nos últimos anos, o Bellator surgiu com força e, inclusive, contratou nomes que tiveram bom desempenho no UFC, casos de Cris Cyborg, Lyoto Machida, Rory MacDonald, Ryan Bader, Gergard Mousasi, Ben Henderson, entre muitos outros. Além disso, a franquia, liderada por Scott Coker, aumentou o nível técnico do seu plantel de atletas e, consequentemente, seus eventos passaram a se tornar mais atrativos para os fãs de artes marciais mistas.

Diante disso, uma possível disputa entre lutadores do UFC e do Bellator passou a ser assunto e entrou no imaginário das pessoas que acompanham o esporte. Pelo menos em um futuro próximo, a possibilidade desse “duelo entre organizações” acontecer é improvável, porém, não impossível. Prova disso é que o próprio Bellator já mandou atletas de seu plantel para encarar lutadores do Rizin Fighting Federation.

Para falar sobre o assunto, a TATAME conversou com Patrício Pitbull, atual campeão peso-pena e peso-leve do Bellator. Com uma longa trajetória na organização e considerado por muitos o maior lutador da história da companhia, o brasileiro se mostrou totalmente favorável a um evento que tenha combates entre atletas do Bellator e do UFC, entretanto, deu a entender que isso ainda não aconteceu por receio do Ultimate.

“Acredito que esse é o próximo passo do MMA, ter disputas entre organizações. O Bellator já deu esse passo, meu irmão (Patricky Pitbull) já lutou pelo Rizin FF no Japão, alguns atletas do Rizin já lutaram pelo Bellator também, então tem esse ‘cross-promotion’ e basta o UFC dar o próximo passo. Mas parece que os caras não têm muito colhão e ficam se escondendo atrás de um nome que todo mundo sabe que é uma desculpa de ‘amarelão’. Os caras têm medo de se colocar na reta e medo de serem derrotados pelos caras do Bellator. Os caras do Bellator batem nos campeões do UFC, e aí, como fica? Não vão ser mais a melhor organização? Seria muito arriscado para eles (UFC) nesse sentido. Porém, luta é luta e a gente teria que fazer isso para saber quem são os melhores. Por enquanto, temos que dizer que o campeão do UFC é campeão mundial do UFC, e o campeão do Bellator é campeão mundial do Bellator. Para ser um campeão mundial, de fato, teria que acontecer isso, dos diferentes campeões se enfrentarem”, opinou o campeão brasileiro.

* Por Mateus Machado

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Instagram
Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade