Próxima desafiante ao título peso-mosca, Jennifer sobe três posições no ranking; Vicente Luque chega ao Top 10

Publicado em 06/08/2020 por: Mateus Machado
Próxima desafiante ao título peso-mosca, Jennifer sobe três posições no ranking; Vicente Luque chega ao Top 10 Jennifer Maia vai enfrentar a campeã Valentina Shevchenko em novembro (Foto reprodução Instagram @jennifermaia)

publicidade

Vitoriosos no UFC Fight Night 173, realizado no último sábado (1), em Las Vegas (EUA), e donos de dois dos bônus de “Performance da Noite”, Jennifer Maia e Vicente Luque tiveram mais um motivo para comemorar nesta semana. Os brasileiros subiram importantes posições em suas respectivas categorias após atualização no ranking da organização.

Confirmada como próxima desafiante ao cinturão peso-mosca feminino, diante da campeã Valentina Shevchenko, Jennifer Maia finalizou Joanne Calderwood com uma chave de braço ainda no primeiro round e, pelo bom resultado obtido, subiu da sexta para a terceira colocação no ranking. A brasileira, vale ressaltar, vem de três triunfos em suas últimas quatro lutas pelo Ultimate, enquanto a campeã não perde desde 2017.

Na divisão dos meio-médios, Vicente Luque ocupa agora a décima posição na lista dos principais lutadores da categoria. O brasileiro superou Randy Brown por nocaute técnico no segundo assalto e emplacou sua segunda vitória em sequência. Antes, o brasiliense já havia superado Niko Price, também por nocaute.

Confira o ranking completo do UFC, AQUI

A vitória de Derek Brunson sobre Edmen Shahbazyan, na luta principal do evento em Las Vegas, também provocou mudanças na divisão dos médios. Destaque na edição ao sair vitorioso por nocaute no terceiro round, Brunson subiu uma posição no ranking e agora é o sétimo, enquanto Shahbazyan fez o caminho reverso e caiu pra décimo. Por conta das mudanças, Kelvin Gastelum passa para oitavo e Uriah Hall nono.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Instagram
Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade