O Taura MMA será o palco do último ato da carreira de Vitor Miranda. O “Lex Luthor” assinou contrato com a organização brasileira para encerrar sua jornada nas artes marciais mistas em um combate em data ainda a ser definida.

Um dos melhores kickboxers brasileiros da sua geração, Vitor tornou-se conhecido em todo o país ao participar da terceira edição do programa TUB Brasil. Lá, além dos três nocautes que lhe renderam uma vaga na final, Miranda emocionou os espectadores ao revelar a história de superação que o motivou a seguir firme no MMA: a morte de seu filho de 4 anos, afogado em uma piscina nos Estados Unidos.

O relato cortante e o carisma do atleta fizeram com que Vitor rapidamente se tornasse um dos lutadores preferidos dos fãs brasileiros. Vice-campeão daquele TUF, o “Lex Luthor” passou ao todo quatro anos no UFC, tendo enfrentado lutadores como Antônio Carlos Cara de Sapato, Marvin Vettori e Jake Collier.

Miranda, de 42 anos, chega ao Taura com um cartel de 12 vitórias, sete derrotas e um empate. Ele parou com o MMA em 2018, mas nunca perdeu o amor pelo esporte – motivo pelo qual pretende imortalizar todo o processo de preparação para sua despedida em seu canal do YouTube, que já tem 377 mil inscritos.

“Vou me preparar muito para essa luta e, se tudo correr bem, será a minha melhor luta de MMA. Fiquem ligados, me acompanhem na minhas redes sociais e no meu canal do YouTube, onde eu vou registrar e documentar todo esse processo para fazer essa luta da melhor maneira possível”, declarou Vitor.

Vitor Miranda é mais uma estrela nacional contratada pelo Taura nos últimos meses. Ele agora estará acompanhado de diversos ex-colegas de UFC, a exemplo de Renan Barão, Serginho Moraes, Godofredo Pepey, Antônio Pezão, Rousimar Toquinho Palhares, Fábio Maldonado, William Patolino Macário, Guto Inocente, Efrain Escudero, Daniel Sarafian, Paulo Thiago, Gleison Tibau, Caio Magalhães e Wagner Caldeirão.