Realizado na última quinta-feira (17), em Kansas City, nos Estados Unidos, o Invicta FC 42 consagrou uma nova campeã no peso-átomo. Em ação contra Ashley Cummins, a jovem Alesha Zappitella, de apenas 25 anos, teve boa atuação e, utilizando seu bom Jiu-Jitsu, finalizou a adversária no quarto round de luta após encaixar um justo estrangulamento “Von Flue”. Foi a oitava vitória de Alesha em sua trajetória no MMA profissional, a terceira consecutiva lutando pelo Invicta.

No co-main event do card, válido pela categoria peso-galo, Lisa Verzosa e Raquel Canuto travaram um duelo bastante equilibrado. Depois dos três rounds de luta, os árbitros decidiram por dar o triunfo à Verzosa, que se recuperou da derrota sofrida para Julija Stoliarenko em sua última apresentação e conquistou seu quinto triunfo pela organização.

A edição ainda contou com um agitado confronto entre as brasileiras Jéssica Delboni e Herica Tiburcio, válido pela categoria peso-palha. Sem lutar há três anos, a ex-campeã peso-átomo Tiburcio fez seu retorno na categoria de cima e promoveu contra Delboni um duelo repleto de ação e trocação em alto nível. Fazendo sua estreia na organização americana, Jessica fez valer sua boa movimentação no cage e, com golpes precisos, mostrou-se superior ao longo dos três rounds de combate, saindo com a vitória por decisão unânime dos jurados.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Vitória é nossa , bom vamos lá ! Essa vitória marca uma nova fase de nossa equipe PRVT , uma fase de crescimento mundial já que essa é nossa primeira luta estando em solo americano e tendo iniciado um trabalho na América “ Las Vegas “ sim , esse trabalho foi totalmente feito em Las Vegas com mais um polo de nossa equipe no mundo ! Jéssica Delboni realmente é uma menina que acima de tudo merece muito estar aonde deseja e se dedica muito a equipe e a sua carreira , quem dera todos os alunos tivessem o amor pela sua equipe e a vontade de vencer que ela tem nesse esporte e isso só deixa nossa primeira obra em solo americano ainda mais especial . PRVT hj fez uma estreia muito importante para todos os antigos integrantes e os futuros que vão colher frutos gigantes dessa nossa jornada que ta longe de ser fácil como alguns pensam ! Vamos com tudo que já já tem mais e agora todos saibam que temos nosso CT no Rio e algumas filiais no brasil mas se você vier na america e quiser visitar nossa academia vcs vão ter uma filial em Las Vegas que fica dentro da academia Overcome com aulas ministraras por mim mesmo e alguns graduados da equipe e nosso projeto vai ser de avanço dentro do país , podem apostar que já já seremos muito reconhecidos pelo nosso padrão de trabalho aqui na América pois se vencemos no brasil com certeza aqui será mais fácil já que nossa história no mma nacional e na luta em geral foi bastante difícil e construída com muito suor e sangue ! Obrigado a cada um que ajuda de perto ou longe em primeiro lugar sempre está nossa equipe PRVT seja da onde for demonstram cada vez mais ser uma família ! Obrigado ao nosso parceiro na América professor @alejarramma que fez um ótimo trabalho com nossa atleta @jessicadmma e nos abriu as portas da academia @overcomeacademy e até mesmo de sua casa para que pudéssemos estar iniciando os trabalhos ! Obrigado ao grande Mestre @sergiopenha_bjj que não mediu esforços para nos ajudar nesse início de treinos e de vida em Las Vegas , obrigado ao meu primeiro novo aluno e futuro atleta e um dos mais novos treinadores da equipe em solo americano @renanmendes que nos conheceu gostou da filosofia e virou um PRVT de corpo e alma PRVT

Uma publicação compartilhada por Gilliard Parana (@gilliardparana) em

RESULTADOS COMPLETOS:

Invicta FC 42
Kansas City, nos Estados Unidos
Quinta-feira, 17 de setembro de 2020

Alesha Zappitella finalizou Ashley Cummins com um estrangulamento Von Flue
Lisa Verzosa derrotou Raquel Canuto por decisão dividida dos jurados
Jéssica Delboni derrotou Herica Tiburcio por decisão unânime dos jurados
Victoria Leonardo derrotou Liz Tracy por decisão unânime dos jurados
Helen Peralta derrotou Jennifer Chieng por decisão unânime dos jurados