Assíduo competidor, tendo conquistado diversas medalhas no circuito da International Brazilian Jiu-Jitsu Federation (IBJJF), Esdras Junior é um atleta de destaque da Ares BJJ, localizada em Phoenix, no Arizona (EUA). O faixa-preta, conhecido por sua didática, revelou, direto do seu arsenal de posições, três conceitos importantes na hora de aplicar uma chave de braço – ou armlock.

A posição é bem tradicional e você aprende logo nas primeiras aulas, mas, por muita das vezes, comete “pequenos erros” que custam o ajuste para finalizar o adversário ou seu companheiro de treinamento.

“O armlock da guarda fechada é simples, mas se você não ficar atento aos detalhes, perde a posição. O erro mais comum é quando você move o quadril sem girar o corpo, o que acaba abrindo espaço para o passador sair da posição puxando o próprio braço ou esticando o joelho. Tem outros dois erros que são cometidos diversas vezes e eu explico, a seguir, no vídeo”, detalhou Esdras Junior, praticante de Jiu-Jitsu há 13 anos.

Confira abaixo: