Colby Covington e Woodley fazem luta principal do UFC Vegas 11; Walker, Mackenzie e Mayra entram em ação

Publicado em 19/09/2020 por: Mateus Machado
Colby Covington e Woodley fazem luta principal do UFC Vegas 11; Walker, Mackenzie e Mayra entram em ação Colby Covington e Tyron Woodley fazem a luta principal do UFC Vegas 11 (Foto: Reprodução/YouTube/UFC)

publicidade

Programado para acontecer neste sábado (19), em Las Vegas, nos Estados Unidos, o UFC Fight Night 178 promete ser uma boa atração para os fãs de MMA, com combates interessantes no card. A luta principal da noite terá o polêmico Colby Covington enfrentando o ex-campeão meio-médio Tyron Woodley, em duelo cercado de rivalidade. No co-main event, o experiente Donald Cerrone, que amargou derrotas em suas últimas quatro lutas na organização, vai enfrentar o americano Niko Price, que em sua última apresentação, foi superado pelo brasileiro Vicente Luque.

A edição do UFC Vegas 11 contará ainda com três brasileiros em ação. Em luta válida pela categoria meio-pesado, Johnny Walker vai em busca de redenção em confronto diante de Ryan Spann. No peso-palha, Mackenzie Dern, multicampeã no Jiu-Jitsu e filha do brasileiro Wellington “Megaton” Dias, outro grande nome da arte suave, vai medir forças contra Randa Markos. No card preliminar, pelos moscas, Mayra “Sheetara” vai enfrentar a italiana Mara Romero Borella.

Covington e Woodley resolvem diferenças no octógono

Depois de meses de provocações dos dois lados, o ex-campeão meio-médio Tyron Woodley (19-5-1) e o ex-dono do cinturão interino da categoria, Colby Covington (15-2-0), vão finalmente se enfrentar neste sábado. Atual número 2 da divisão, Covington vinha em uma sequência de sete vitórias, até ser nocauteado pelo atual campeão da categoria, Kamaru Usman, em dezembro.

Woodley também entra no octógono em busca de reabilitação. O americano vem de duas derrotas seguidas – fato inédito em sua carreira. Além do revés para Usman, quando perdeu o cinturão, em março de 2019, Woodley foi dominado pelo brasileiro Gilbert Durinho na sua última luta, em maio.

Johnny Walker em busca de reabilitação

O brasileiro Johnny Walker (18-5-0) está de volta ao octógono. Contratado depois de participar da versão brasileira do Contender Series, o meio-pesado emendou três nocautes seguidos e virou promessa dentro da organização. A ascensão foi interrompida com derrotas nas últimas duas lutas, para Corey Anderson e Nikita Krylov, respectivamente. Atualmente na 11ª colocação do ranking, Johnny busca a recuperação contra o americano Ryan Spann (17-5-0). Uma posição abaixo de Johnny, Spann também entrou no UFC depois de participar do Contender Series. Invicto na organização, ele tem vitórias sobre nomes como Rogério Minotouro e Sam Alvey.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Prontos para o show? @JohnnyWalker 🇧🇷 enfrenta @SuperMan_Spann no #UFCVegas11 Neste sábado (19), a partir de 18h (Horário de Brasília) no @canalcombate

Uma publicação compartilhada por UFC Brasil (@ufc_brasil) em

Mackenzie e Mayra ‘Sheetara’ em ação

Quatro meses depois de finalizar Hannah Ciffers com uma chave de joelho – a primeira na história do evento aplicada por uma mulher – a americana-brasileira Mackenzie Dern (8-1-0) retorna a um card do UFC. Com a conquista em maio, Mackenzie, atual 15ª entre as atletas peso-palha, somou mais uma vitória na carreira. Sua única derrota no MMA foi para a também brasileira Amanda Ribas em outubro. A oponente deste sábado será a canadense Randa Markos (10-9-1), que vem de derrota por decisão, também para Ribas, no UFC Brasília, em março.

Completando o time brasileiro no UFC Apex, a mineira Mayra “Sheetara” Bueno (6-1-0) enfrenta a italiana Mara Romero Borella (12-8-0, 2NC) em luta válida pelo peso-mosca. Mayra sofreu o primeiro revés em março, quando foi derrotada por Maryna Moroz. Já Borella não vive bom momento e vem em uma sequência de três resultados negativos.

CARD COMPLETO:

UFC Vegas 11
UFC Apex, em Las Vegas (EUA)
Sábado, 19 de setembro de 2020

Card principal (21h, horário de Brasília)
Colby Covington derrotou Tyron Woodley por nocaute técnico no 5R
Donald Cerrone x Niko Price terminou em empate majoritário após três rounds
Khamzat Chimaev derrotou Gerald Meerschaert por nocaute no 1R
Johnny Walker derrotou Ryan Spann por nocaute técnico no 1R
Mackenzie Dern finalizou Randa Markos com um armlock no 1R
Kevin Holland derrotou Darren Stewart por decisão dividida dos jurados

Card preliminar (18h, horário de Brasília)
David Dvořák derrotou Jordan Espinosa por decisão unânime dos jurados
Damon Jackson finalizou Mirsad Bektic com uma guilhotina no 3R
Mayra ‘Sheetara’ Bueno finalizou Mara Romero Borella com um armlock no 1R
Jessica-Rose Clark derrotou Sarah Alpar por nocaute técnico no 3R
Darrick Minner finalizou T.J. Laramie com uma guilhotina no 1R
Randy Costa derrotou Journey Newson por nocaute no 1R
Andre Ewell derrotou Irwin Rivera por decisão dividida dos jurados
Tyson Nam derrotou Jerome Rivera por nocaute técnico no 2R

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade