Com nocaute brutal, Wallace ‘Angolano’ brilha no Shooto Brasil 101 e mira disputa pelo cinturão; confira

Publicado em 29/09/2020 por: Mateus Machado
Com nocaute brutal, Wallace ‘Angolano’ brilha no Shooto Brasil 101 e mira disputa pelo cinturão; confira Vencedor no Shooto Brasil 101, Wallace Angolano já pensa em disputa de título (Foto: Marcell Fagundes/M8artdesign)

publicidade

O Shooto 101, realizado no último domingo (27), no Rio de Janeiro, marcou a estreia de Wallace Lopes pela sua nova equipe, a Baixinho Simões Team. E, como de costume, o peso-galo não decepcionou e presenteou os fãs com mais uma performance irretocável. O jovem nocauteou o paraense Rogério Monteiro, ainda no 1º round, de forma avassaladora após desferir uma série de cotoveladas no rosto do seu adversário.

Após a vitória, o jovem lutador vibrou muito e revelou ter tirado um peso das costas.

“Eu estava muito confiante para a luta, sabia que minha preparação tinha sido muito boa e que estava pronto. Mas, ao mesmo tempo, tinha uma responsabilidade a mais comigo por tudo que aconteceu. Essa troca de equipe e a minha estreia pela Baixinho Simões sem dúvidas foi uma pressão a mais para mim. Mas o lutador precisa estar preparado não só fisicamente como mentalmente também. E, graças a Deus minha cabeça estava muito forte também, pude entrar no cage e dar o meu melhor mais uma vez”, ressaltou Wallace.

Com o resultado, Wallace manteve o retrospecto positivo de sempre vencer suas lutas antes do fim do último round. Já são sete vitórias na carreira, quatro por nocaute e três por finalização. A confiança é tanta que o lutador já espera por uma oportunidade de enfrentar o próximo campeão dos pesos-galos do Shooto Brasil, que será definido após a disputa entre Wellington Lopes e Luan Lacerda, no próximo dia 25 de outubro.

“Eu sei que minha categoria é uma das mais disputadas, mas tenho provado toda a minha qualidade luta após luta. Treino muito forte todos os dias e sei que estou pronto para ter uma chance pelo cinturão. Com todo respeito ao Wellington (Lopes) e ao Luan (Lacerda), quero enfrentar o vencedor dessa luta. Sei que estou pronto para ser o campeão independente de quem venha pela frente”, concluiu.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade