Com nova geração de lutadores, Brazilian Top Team tem maratona de eventos até o final do ano; saiba mais

Publicado em 17/09/2020 por: Mateus Machado
Com nova geração de lutadores, Brazilian Top Team tem maratona de eventos até o final do ano; saiba mais Atleta Marcos Paulo ‘Vuvuzela’ vai entrar em ação no Favela Kombat (Foto: Deive Coutinho)

publicidade

Uma das equipes mais tradicionais e conceituadas do mundo, a Brazilian Top Team estava em uma crescente no MMA, até que a pandemia interrompeu os planos do time liderado pela lenda Murilo Bustamante. No processo de reformulação, os atletas da equipe de MMA haviam conquistado 31 vitórias em 35 lutas em 2019, e caminhava muito bem em 2020, até o coronavírus forçar o fechamento de academias e o adiamento de eventos ao redor do mundo.

Mas isso já ficou para trás. A equipe voltou a treinar em julho, assim que houve uma flexibilização e as academias foram reabertas. E a retomada da equipe nos cages começa neste domingo (20), no Favela Kombat, que será realizado no Rio de Janeiro, com os atletas Marcos Paulo “Vuvuzela” e Derick Borges.

“A nossa expectativa é muito boa para esse final de semana. É o nosso primeiro evento pós-pandemia. O Vuzuela é um cara experiente no Muay Thai, mas está começando a carreira no MMA. Vinha de uma sequência de três vitórias, mas acabou perdendo a última luta. Então, o nosso foco e o dele é para que ele retome o caminho das vitórias. Já o Derick, também um garoto da nova geração, está vindo de duas vitórias, e é um cara bem consistente. Eles estão bem preparados”, disse Vitor Pimenta, treinador de MMA da equipe.

Por conta da Covid-19, os atletas passaram um longo tempo treinando sozinhos. Por isso, a equipe optou por esperar um pouco mais para colocar seus lutadores em um evento de MMA. O retorno às atividades foi gradual, com treinamentos específicos e direcionados para que os atletas pudessem ter um melhor aproveitamento. Já adaptados à nova fase, a BTT já tem outros compromissos marcados até o final do ano.

“Não tivemos ninguém contaminado. Testamos nossos atletas antes do retorno aos treinos. E, para minimizar os riscos, separamos em grupos de atletas. Eles fizeram treinos separadamente, como manda o protocolo. E acabou dando tudo certo. O treinamento foi intenso. Achamos até melhor, porque foi mais direcionado”, explicou Pimenta.

Após o Favela Kombat, a equipe já tem luta marcada no dia 27 de setembro, no Shooto Brasil, com André Borges. No dia 4 de outubro, lutando pelo Maricá Fight, a BTT será representada por Lincon Santos e Cris Macapá. No dia 16 de outubro, o experiente Pedro Nobre, ex-lutador do UFC, subirá ao cage do Future MMA.  Dia 25 de outubro, pelo Shooto Brasil, Priscila Ferreira, Luiz Felipe e Zé Delano entrarão em ação. No dia 6 dezembro, a BTT terá o campeão mundial de Jiu-Jitsu e atleta do Bellator Léo Leite em ação no Taura MMA. E no dia 20, em mais uma edição do Shooto Brasil, a equipe já tem luta marcada para os atletas Pedro Souza e Mai Santos.

“Conseguimos colocar os atletas nos melhores eventos do Brasil e estamos muito felizes com isso. Estamos conseguindo colocar o nome da BTT em seu devido lugar, aonde sempre esteve. Isso está sendo muito gratificante. Contamos com vários apoiadores nesse projeto. O Giovanni Tonzano é um dos idealizadores desse novo projeto e, junto com alguns empresários, está dando suporte aos nossos atletas, assim como a Healthline, a 739 automóveis e a Pulser, que também são nossos apoiadores. Estamos bem estruturados, animados e unidos para voltar ao topo”, finalizou Vitor Pimenta.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade