Comentarista do UFC critica ‘sarrada’ de Adesanya sobre Paulo Borrachinha: ‘Grosseira e desnecessária’

Publicado em 30/09/2020 por: Mateus Machado
Comentarista do UFC critica ‘sarrada’ de Adesanya sobre Paulo Borrachinha: ‘Grosseira e desnecessária’ Celebração polêmica de Israel Adesanya após vitória no UFC 253 causou grande repercussão (Foto reprodução UFC)

publicidade

A polêmica celebração de Israel Adesanya ao derrotar Paulo Borrachinha por nocaute no último sábado (26), na luta principal do UFC 253, realizado em Abu Dhabi (EAU), causou, de fato, uma grande repercussão. Após o árbitro central Jason Herzog interromper o duelo, decretando a vitória do campeão peso-médio, o nigeriano, ao observar que o brasileiro estava de costas para ele, simulou um ato sexual que foi captado no mesmo instante pela transmissão oficial do evento. A “sarrada” causou revolta em Borrachinha e toda sua equipe, e rendeu críticas até mesmo de Dan Hardy, ex-lutador e atualmente comentarista do UFC.

O inglês – conhecido por suas polêmicas na época de lutador – não poupou críticas a Adesanya, e ressaltou que o ato protagonizado pelo campeão peso-médio não combina com os ensinamentos das artes marciais. Hardy também reforçou a grande rivalidade que existe entre os atletas, o que “contribuiu” para o ocorrido.

“Foi grosseiro e desnecessário. Isso não é bom para o esporte, mas, ao mesmo tempo, vemos muitas estrelas aparecendo por polêmicas. (Israel) Adesanya urinou no octógono em sua estreia no UFC. Não devemos nos surpreender com essas coisas. Havia muita animosidade entre eles e episódios como esse acabam acontecendo, porque a adrenalina está alta. Quantas vezes vimos comemorações bizarras? Eu mesmo já fiz isso. Você não sabe nem o que está dizendo nas entrevistas. Às vezes, é difícil manter o controle. Concordo que esse não é o espírito das artes marciais, mas os lutadores também têm que ser eles mesmos”, disse o comentarista em conversa com jornalistas na última terça-feira (29), em Abu Dhabi.

Apesar da polêmica envolvendo a comemoração de Adesanya, Hardy aproveitou para elogiar a atuação do nigeriano, afirmando que o amplo domínio foi parecido com o de Anderson Silva diante de Chris Leben.

“Se você é um lutador de três rounds e está lutando cinco, não vai aguentar o ritmo. Paulo fez certo em dosar o gás no primeiro round, mas errou ao deixar Adesanya confortável e com tempo para atacar, mesmo estando com energia. Não acho que Paulo entendeu o jogo de Adesanya. Quando Anderson Silva estreou no UFC, era como se fosse bruxaria. Os adversários, simplesmente, não sabiam o que fazer. O que ele fez com (Chris) Leben, Adesanya fez com Paulo. Foram atuações desconcertantes, fantásticas. Acho que, quando você luta contra o Adesanya, não se pode realmente entender como é até que esteja lá”, encerrou Dan.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade