Douglas He-Man se lesiona durante treino de Jiu-Jitsu, e Ary Farias fará disputa de cinturão interino no Taura MMA 10; saiba

Publicado em 26/09/2020 por: Yago Redua
Douglas He-Man se lesiona durante treino de Jiu-Jitsu, e Ary Farias fará disputa de cinturão interino no Taura MMA 10; saiba He Man se machucou e precisou deixar o card do Taura MMA do próximo mês no Rio de Janeiro (Foto: Vladi Venturini/Taura MMA)

publicidade

O card do Taura MMA 10 perdeu um de seus campeões. Douglas He-Man, detentor do título dos galos, sofreu uma lesão no músculo redondo menor e não conseguirá se recuperar a tempo. O gaúcho faria a luta coprincipal do evento do dia 23 de outubro, no Rio de Janeiro, contra Ary Farias – que agora disputará o cinturão interino contra um adversário a ser revelado.

He-Man, que tem o cartel de 12 vitórias, uma derrota e um empate na carreira, contou que se machucou treinando Jiu-Jitsu. Ele pediu desculpas a Farias, de quem se declarou fã, e disse que até tentou treinar lesionado, mas as dores o impediram de continuar o camp. Ao fazer exames, descobriu que precisaria de quatro semanas de recuperação.

“Um dos meus professores estava encaixando um triângulo invertido em mim, e como não estava ajustado na jugular e eu sabia que não iria apagar, eu segurei para tentar defender a posição e dei o giro. Aí meu braço ficou preso, esticou muito, parecia que o braço iria sair do lugar. Foi bem no músculo do omoplata. Foi um mau jeito total, sabe? Nunca aconteceu isso. Não deu tempo nem de bater. Eu só gritei e ele soltou. E aí pensei: ‘Bah, será que foi coisa séria?’, porque eu nunca tinha machucado nem tido distensão na região das costas, foi uma coisa nova. Normalmente distensão a gente sente na coxa, na panturrilha. Foi uma coisa bem diferente de tudo que eu já tinha sentido”, declarou.

Douglas, de 37 anos, afirmou ainda que vai ficar na torcida por um triunfo de Farias na disputa do cinturão interino, a fim de que tenha a oportunidade de enfrentá-lo pela unificação dos títulos.

“Fiz de tudo pra não cair a luta, porque eu quero muito lutar contra o Ary. Eu, inclusive, já falei em entrevista que eu sou fã do cara, então, imagina: eu iria lutar contra um cara que eu sou fã, podendo vencer. Estava treinando feito louco, demais, para ir lá e dar show, para vencer de uma maneira convincente, em que todos fossem ficar chocados. Acho que eu errei a mão na quantidade de treino, porque eu estava treinando demais para poder dar esse show. Sei quão bom é o Ary, quanto é difícil de vencer. Estou na minha melhor forma, só estou machucado. Infelizmente, agora não dá para lutar, mas espero que em breve eu faça essa luta, e que seja com o Ary”, falou.

Ary Farias é um dos maiores lutadores de Jiu-Jitsu de sua geração. Sete vezes campeão mundial na arte suave, entre as faixas azul e preta, o manauara de 30 anos fez muito bem a transição para o MMA, modalidade na qual ele tem nove vitórias e apenas duas derrotas.

CARD PROVISÓRIO

Taura MMA 10
Rio de Janeiro, Brasil
Sexta-feira, 23 de outubro

Peso-mosca: Felipe Gheno x Bruno Korea
Peso-galo: Ary Farias x Adversário a ser anunciado
Peso-palha: Yasmin Castanho x Bruna Vargas
Peso-pena: Isaac Moura x Gian Sarturi
Peso-médio: Rousimar Palhares x Sean Loeffler
Peso-médio: Serginho Moraes x Jared Revel
Peso-médio: Wendell Negão x Renê Soldado

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade