Em busca do cinturão mundial, Esquiva Falcão confirma luta no dia do seu aniversário: ‘Presente será um nocaute’

Publicado em 29/09/2020 por: Diogo Santarém
Em busca do cinturão mundial, Esquiva Falcão confirma luta no dia do seu aniversário: ‘Presente será um nocaute’ Esquiva e seu irmão: brasileiro quer seguir invicto no dia 12 de dezembro (Foto Caio Souza / On Board Sports)

publicidade

O boxeador Esquiva Falcão confirmou, por meio das suas redes sociais, que fará uma luta nos Estados Unidos, no dia 12 de dezembro deste ano, justamente na data em que completa 31 anos de idade. O brasileiro medalhista olímpico está invicto na carreira profissional, com 27 vitórias em 27 lutas, sendo 19 por nocautes.

O adversário do capixaba ainda não foi definido pela Top Rank e pelo manager Sergio Batarelli, mas o combate será nos Estados Unidos. Esquiva Falcão deve regressar a Riverside, na Califórnia, nos próximos dias para fazer o camp de treinamento supervisionado por Robert Garcia. Sua última apresentação foi em 29 de agosto, quando derrotou no primeiro round o paraense Morramad Araújo no Boxing For You 9.

O objetivo do medalhista olímpico de Londres-2012 é conquistar o título mundial na próxima temporada. Atualmente, Esquiva ocupa a terceiro colocação do ranking mundial dos pesos-médios da Federação Internacional de Boxe (IBF, em tradução do inglês), está em sexto no Conselho Mundial de Boxe (WBC), sétimo na Organização Mundial de Boxe (WBO) e 13º na Associação Mundial de Boxe (WBA).

”Fiquei feliz com a notícia da luta em dezembro, e ainda mais no meu aniversário. Meu presente será mais uma vitória por nocaute. Fico contente também por a Top Rank ouvir meus pedidos por um duelo ainda este ano. Não tem tempo a perder, é rumo ao topo”, disse o brasileiro, que vem treinando em Vila Velha (ES).

Esquiva Falcão agora aguarda a volta de Sergio Batarelli de Londres, na Inglaterra, para definir o planejamento completo da sua preparação. O manager do boxeador capixaba acompanha Adriana Araújo, colega de Esquiva, que lutará no próximo domingo (4) em busca do cinturão mundial super-leve feminino.

”Nossa torcida no dia 4 de outubro será pela minha amiga Adriana Araújo. Certamente ela trará o cinturão para o Brasil. Vivemos um momento especial no Boxe brasileiro e fico honrado em fazer parte”, completou.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade