Em noite de derrotas brasileiras no BRAVE CF 41, Fakhreddine nocauteia Gaúcho e se torna o novo campeão peso-médio

Publicado em 18/09/2020 por: Mateus Machado
Em noite de derrotas brasileiras no BRAVE CF 41, Fakhreddine nocauteia Gaúcho e se torna o novo campeão peso-médio Mohammad Fakhreddine nocauteou Daniel Gaúcho e se tornou novo campeão dos médios (Foto: Divulgação/BRAVE CF)

publicidade

O Brasil tinha dois representantes importantes no card do BRAVE CF 41, realizado na última quinta-feira (17), em Riffa, Bahrein. Mas os companheiros de equipe Daniel Gaúcho e Felipe Silva acabaram nocauteados e o país passou em branco no card, de quebra ainda perdendo o cinturão peso médio que possuía.

Na luta principal da noite, Daniel Gaúcho enfrentou o astro libanês Mohammad Fakhreddine em um combate muito disputado e repleto de ação. O brasileiro absorveu bons golpes e até ameaçou o adversário com alguns contragolpes, mas chegou ao quarto assalto bastante cansado e acabou nocauteado por Fakhreddine.

O título do libanês vem para redimir um ano marcado por tragédias pessoais e coletivas. Além da pandemia da Covid-19 e da explosão que matou centenas de pessoas em sua cidade-natal, Beirute, Fakhreddine ainda teve sua casa queimada em um incêndio no início do ano, sofreu lesões e teve lutas canceladas devido a restrições de viagem. Com o triunfo, um dos maiores ídolos do MMA no Oriente Médio agora adiciona um título internacional ao seu histórico.

Também atleta da CM System, o ex-UFC Felipe Silva enfrentou o jovem britânico Sam Patterson e acabou surpreendido justamente em sua especialidade, a trocação. Com dificuldades para encurtar a distância, Felipe avançou ainda no primeiro round e entrou no raio de ação de Patterson, que se aproveitou bem e o nocauteou com um cruzado certeiro.

O card do BRAVE CF 41 ainda teve a derrota do irlandês Cian Cowley, parceiro de treinos de Conor McGregor na SBG Ireland, e que chegou a ser preso com o astro do UFC no incidente envolvendo o ônibus de Khabib Nurmagomedov em Nova York (EUA). Cowley perdeu em decisão unânime para o egípcio Ahmed Amir, que aproveitou o triunfo para pedir uma revanche contra outro brasileiro, Cleiton “Predador”, atual campeão dos leves do BRAVE CF.

RESULTADOS COMPLETOS: 

BRAVE CF 41
Riffa, no Bahrein
Quinta-feira, 17 de setembro de 2020

Mohammad Fakhreddine derrotou Daniel Gaúcho por nocaute técnico no 4R
Ikram Aliskerov finalizou Denis Tiuliulin com uma kimura no 3R
Ahmed Amir derrotou Cian Cowley por decisão unânime dos jurados
Sam Patterson derrotou Felipe Silva por nocaute no 1R
Magomed Idrisov derrotou John Cris Corton por decisão unânime dos jurados
Rahmatullah Yousufzai derrotou Abdulmanap Magomedov por nocaute no 1R
Abdulla Alyaqoob derrotou Umed Urfonov por decisão unânime dos jurados

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade