‘Fase internacional’ motiva campeã peso-palha e desafiante a duelo especial no Taura 10: ‘Preparando um show’

Publicado em 15/09/2020 por: Mateus Machado
‘Fase internacional’ motiva campeã peso-palha e desafiante a duelo especial no Taura 10: ‘Preparando um show’ Luta entre Yasmin Castanho e Bruna Vargas vai valer o título peso-palha (Foto: Divulgação/Taura MMA)

publicidade

Originário do Rio Grande do Sul, o Taura MMA vai iniciar pelo Rio de Janeiro, no dia 23 de outubro, a sua jornada pelo mundo. Para o show, que será realizado na Upper Arena, no bairro do Flamengo, sem público – em respeito às regras de combate à Covid-19 –, a organização marcou quatro disputas de cinturão, entre elas a dos pesos-palhas (52 kg), entre a invicta Yasmin Castanho (4-0) e a experiente Bruna Vargas (4-3).

Apesar da pouca idade – apenas 23 anos –, Yasmin já lutou até na Escócia e faz parte do Taura desde o evento de número 9, quando finalizou Thaiane Souza e conquistou o cinturão da categoria. Faltando seis semanas para a sua primeira defesa do título, a “Monstrinha” garante que já conhece todos os pontos fracos da oponente.

“Já dei início ao meu camp oficial, a preparação física já começamos também, já estudamos bastante a próxima adversária e já temos tudo em mente do que vai ser executado. Estamos preparando um grande show. Estou treinando bem duro, intensamente, para manter esse cinturão aqui com a IF Team. Estou pronta para a guerra”, declarou a atleta da academia sediada em Barra de São João (RJ).

Vargas, por sua vez, nunca esteve tão confiante em uma grande atuação. Ela, que teve uma passagem pelo Bellator ainda no início de sua carreira, em 2016 e 2017, considera-se muito mais completa hoje em dia. Ela ressaltou que está preparada para ser a primeira campeã da “fase internacional” do Taura MMA – que terá um evento em Kissimmee (EUA) na semana seguinte ao combate entre Bruna e Yasmin.

“Estou muito preparada para essa luta. Acredito demais em todos os professores da Top Brother. Tenho uma equipe incrível me auxiliando, um time que me ajuda muito, que me puxa cada vez mais. Minha equipe é muito completa, então a gente está trabalhando e fazendo um bom trabalho de Boxe, de Muay Thai, de Jiu-Jitsu, de Wrestling… Vou chegar lá muito preparada para trabalhar em pé, no chão, para fazer cinco rounds, para terminar no primeiro… Tudo. Estou muito satisfeita com os resultados desse meu camp. O crescimento do Taura, as novas contratações, a proporção que o evento tomou… Tudo isso, com certeza, é uma motivação a mais. Eu quero conquistar esse cinturão e vou voltar para casa com ele”, disse a gaúcha de 30 anos.

Além do combate entre Yasmin Castanho e Bruna Vargas, o Taura 10 terá ainda mais três disputas de cinturão: o duelo entre Felipe Gheno e Bruno Korea pelo peso-mosca (57 kg), que encabeça o card; a luta entre o campeão galo (61 kg), Douglas “He-Man”, (12-1) e o campeão mundial de Jiu-Jitsu Ary Farias (9-2); e o encontro entre o dono do trono peso-pena (66 kg) Isaac Moura (10-4), e Gian Sarturi (8-2). O evento também marcará as estreias de Rousimar Toquinho, que tenta tirar os dez anos de invencibilidade de Sean Loeffler, e de Serginho Moraes, que vai enfrentar o campeão do evento canadense BFL, Jared Revel. Ambos os confrontos ocorrerão no peso-médio (84 kg).

CARD PROVISÓRIO:

Taura MMA 10
Upper Arena, no Rio de Janeiro
Sexta-feira, 23 de outubro de 2020

Cinturão peso-mosca: Felipe Gheno (C) x Bruno Korea
Cinturão peso-galo: Douglas He-Man (C) x Ary Farias
Cinturão-peso-palha: Yasmin Castanho (C) x Bruna Vargas
Cinturão peso-pena: Isaac Moura (C) x Gian Sarturi
Peso-médio: Rousimar Toquinho x Sean Loeffler
Peso-médio: Serginho Moraes x Jared Revel
Peso-médio: Wendell Negão x Renê Soldado

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Instagram
Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade