O Taura MMA reforçou seu elenco com mais dois grandes nomes do Jiu-Jitsu brasileiro e internacional: Léo Leite e Fábio “Kamikase” Alano. Os dois se juntam a um rol de craques na luta de chão que já tem atletas como Serginho Moraes e Rousimar “Toquinho” Palhares.

Léo Leite é um gigante da arte suave: foi duas vezes campeão mundial pela IBJJF, além de ter conquistado múltiplos títulos no cenário regional e nacional. Além disso, o meio-pesado (93kg) de 42 anos tem uma carreira vitoriosa também no Judô, modalidade na qual fez parte da seleção brasileira que disputou os ciclos olímpicos de Pequim, em 2008, e Londres, em 2012. No MMA, Leo tem dez vitórias e apenas duas derrotas.

Já “Kamikase”, de 28 anos, obteve três títulos mundiais pela IBJJF – dois na faixa azul, em 2014 e 2016, e um na roxa, em 2016. Em seu currículo há também conquistas no circuito brasileiro, pan-americano e europeu. Ele ficou conhecido do público fora da luta ao ser selecionado para o BBB 19, no ano passado. Fábio chegou a ser anunciado como um dos participantes do reality show, mas, dias antes do início do programa, foi eliminado por ter um contrato vigente de patrocínio. Pelo Taura, ele fará a sua estreia no MMA profissional.

Outro novo reforço é Wendell Negão (31-14). Veterano do esporte, o carioca de 37 anos teve uma passagem pelo UFC entre 2014 e 2015, enfrentando Santiago Ponzinibbio e Darren Till – atletas que depois se tornariam ranqueados entre os melhores da divisão -, e venceu sete das 11 lutas que fez desde que deixou o Ultimate. Quem também passou pelo UFC e chega ao Taura é o peruano Carlos Huachín. Aos 24 anos, ele vai lutar na categoria peso galo (61kg), que tem Douglas “He-Man” (12-1) como atual campeão.

Além deles, chegaram ao Taura MMA o peso-leve Toninho Fúria (35-11), que teve passagens por Bellator e ACB; Herbeth Índio (11-1), peso-galo que não sabe o que é perder desde 2016; Nayib Lopez (10-0), peso-médio mexicano invicto; e Rodolfo Bellato (6-1), meio-pesado de 24 anos e revelação da Team Nogueira.