Maravilhado, Dana rasga elogios a Khamzat Chimaev: ‘Ele é um dos lutadores mais especiais que já vi’

Publicado em 21/09/2020 por: Yago Redua
Maravilhado, Dana rasga elogios a Khamzat Chimaev: ‘Ele é um dos lutadores mais especiais que já vi’ Dana White está impactado com as performances de Chimaev (Foto: Reprodução Instagram @khamzat_chimaev)

publicidade

No último sábado (19), pelo UFC Vegas 11, Khamzat Chimaev confirmou o rótulo de fenômeno e conquistou a terceira vitória no Ultimate em apenas 66 dias – o que é um recorde da Era moderna da organização. Sendo que nos três triunfos – uma finalização e dois nocautes – o sueco ficou menos de um round no octógono, foram exatos 4 minutos e 38 segundos em ação. A última vítima foi Gerald Meerschaert em 17 segundos.

Em coletiva de imprensa, logo após o evento, Dana White, presidente da companhia, rasgou elogios ao lutador: “Chimaev é especial. Estou a minha vida toda no ramo de lutas e nunca vi nada igual. Ele é diferente, e já quer lutar novamente. Nunca estive em uma posição na qual eu não saiba quem colocar para lutar diante de um atleta, como levá-lo para um lugar ou outro. É divertido, eu gosto disso. Quando você é um fã de lutas, você ama ver as lutas de um cara assim, você o segue, o odeia. Ele é um dos caras mais especiais que eu já vi, se não o mais especial”, destacou.

Chimaev ganhou destaque no UFC após vencer duas vezes em um intervalo de dez dias na primeira passagem do Ultimate pela “Ilha da Luta”. Uma vitória nos médios e outra nos meio-médios. No último sábado, “Borz” voltou a atuar pela categoria até 83kg. Dana disse que atleta fala e prova dentro do cage.

“Antes dessa luta, ele vinha me perguntando: “Você acha que eu sou um wrestler? Espere até ver os meus socos.” E ele não estava mentindo. Eu sempre ouvi lutadores dizendo que, após dizerem que queriam lutar logo depois das suas últimas lutas, pediam para ver como se sentiam no dia seguinte ou para conversar com a equipe. Ele, não. Quando estávamos na Ilha da Luta, após finalizar John Phillips, já me disse que queria fazer mais uma luta lá mesmo. Eu disse: “É o que você quer? Tudo bem.” Demos uma luta logo depois, contra Rhys McKee, e ele venceu de novo de forma espetacular. E, em seguida, ele pediu para lutar em Las Vegas, e fez o que fez aqui. Estou dizendo, nunca vi nada nem perto disso na vida”, concluiu.

O lutador agora apontado como próximo adversário do brasileiro Demain Maia na segunda passagem do UFC pela “Ilha da Luta”, sediada em Abu Dhabi (EAU). Dana White garantiu que Chimaev, pelo seu ímpeto de lutar sempre, pode até enfrentar outro oponente antes de encarar o faixa-preta de Jiu-Jitsu.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade