Atualmente com 43 anos, Brock Lesnar voltou a ser notícia no mundo do MMA após anunciar o fim do seu contrato com a WWE, renomada liga de lutas coreografadas. A partir disso, o nome do experiente lutador americano passou a ser cogitado no UFC, organização por onde já foi campeão peso-pesado, e mais recentemente, o Bellator também demonstrou interesse em contar com o atleta em seu plantel.

Presidente da franquia americana, Scott Coker, em entrevista ao site MMA Junkie, revelou que deseja contratar Lesnar e já teria, inclusive, entrado em contato com a equipe do casca-grossa. O desejo do mandatário seria casar uma luta entre Brock Lesnar e Fedor Emelianenko, tendo em vista que o russo está na reta final de sua carreira e a organização vem organizando uma “turnê de despedida” para a lenda.

“A situação envolvendo (Brock) Lesnar é que eu nem sei se ele é um agente livre. Eu nem sei se ele quer voltar a lutar e qual é a sua situação. Procurei a equipe do Lesnar e falei: ‘Ei, se Lesnar quiser lutar contra Fedor, temos o atleta para realizar a luta que nunca aconteceu’. Veremos se acontece e se ele leva a sério. Apenas Brock sabe o que vai acontecer. Se ele estiver disponível, tenho certeza de que podemos fazer um acordo”, garantiu Coker.

Brock Lesnar possui um cartel profissional de cinco vitórias e três derrotas no MMA. O americano lutou pela última vez na modalidade em 2016, quando enfrentou Mark Hunt no UFC 200 e saiu vencedor por decisão unânime dos jurados, no entanto, viu seu triunfo ser transformado em “No Contest” (luta sem resultado) após ser flagrado pela USADA em um exame antidoping.