Treinos com estrelas do Jiu-Jitsu, camp na garagem e mais: Diego Pato comenta duelo com Alex Sodré no BJJBET

Publicado em 01/09/2020 por: Yago Redua
Treinos com estrelas do Jiu-Jitsu, camp na garagem e mais: Diego Pato comenta duelo com Alex Sodré no BJJBET Diego Pato recebeu a faixa preta após o Mundial da IBJJF em junho de 2019 (Foto reprodução Instagram @diegopatojj)

publicidade

* Com pouco mais de um ano como faixa-preta, Diego Pato já figura entre os principais nomes das categorias mais leves do Jiu-Jitsu. Por conta da pausa nos eventos causada pela pandemia do novo coronavírus, o lutador não entra em ação desde o Abu Dhabi Grand Slam de Londres, realizado pela AJP Tour em março, na Inglaterra. Desde então, treinou com os irmãos Paulo e João Miyao nos Estados Unidos e, ao retornar para o Brasil, usou a garagem de casa como academia para manter a forma física e técnica. O celular do amazonense tocou nas últimas semanas e surgiu o convite para participar do BJJBET, que será disputado no próximo domingo (6).

Pato, inicialmente, teria Cleber Clandestino – com quem já lutou duas vezes na faixa-preta e venceu ambas – como oponente. No entanto, o atleta da Almeida JJ se lesionou e precisou deixar o evento. Diego contou à TATAME que a negociação com Alex Sodré demorou um pouco por conta da categoria de peso que a luta iria acontecer, mas ambos chegaram ao acordo de competir em um peso-casado e o combate foi confirmado. Esse será o primeiro encontro entre os dois, mas em Manaus, eles já treinaram juntos.

“A princípio meu adversário era o Cleber, que se machucou. Em seguida, o organizador do evento acabou me comunicando que iria trocar o adversário e pediu algumas indicações. Eu tinha citado, da primeira vez, o nome do atleta Alex Sodré, mas ele não aceitou, acho que por ser um peso mais baixo, que ele não conseguiria bater. Então, depois de muitas tentativas de achar algum atleta para o peso que era do evento, resolvemos fechar a luta contra o Alex em um peso combinado, ambos concordamos. A minha preparação não mudou, mantive o ritmo de treino, sendo que agora estou subindo um pouco o peso para lutar”, disse.

Confira outros trechos da entrevista com Diego Pato:

– Convite para lutar no BJJBET

Foi muito gratificante (ser convidado para lutar no BJJBET)! Acho que participar de um evento desse nível é sinal de que gostam do meu trabalho, de me ver lutando. Então, todo o esforço está valendo a pena.

– Análise do jogo do Alex Sodré

Sou recém chegado à faixa-preta e estar lutando com atletas como ele é sempre um prazer. Acredito que não será nenhuma surpresa para mim o jogo dele, estou preparado. E acredito que vou me sair muito bem. É a primeira vez que estamos lutando, sendo que em Manaus nós treinávamos juntos. Alex vem como o atual campeão mundial No-Gi na minha categoria e será muito bom fazer essa luta contra ele, com certeza.

– Manter a forma durante a pandemia

Foi bastante complicado manter o ritmo nessa quarentena, quando isso começou fiquei um mês treinando em Nova York com os irmãos Miyao (Paulo e João), junto com um pessoal da casa, que também estava isolado. Voltei para o Brasil, comprei algumas placas de tatame e comecei a treinar na garagem de casa. E, assim, estou até hoje treinando na garagem com uma galera. Nessa quarentena não parei de treinar.

– Impacto do período sem lutar 

Nunca tinha ficado todo esse tempo sem competir. A última vez que eu lutei foi em Londres, no Grand Slam, e, desde então, não lutei, até receber o convite para o BJJBET. Acredito que por um lado foi muito bom para mim esse tempo sem competir, pois acabei melhorando muito minha parte técnica e física, recuperei 100% de lesões, então já estava me preparando para qualquer evento que fosse quando retornar.

– Treinos com Lo, Buchecha e Erberth

Foi demais! Até então não tinha treinado com eles, eu via essa galera competindo e achava muito da hora, ter a oportunidade de dividir o tatame com eles foi uma honra. Acredito que evolui bastante treinando com eles e também quero aproveitar para agradecer não só eles, mas a galera que treina comigo todos os dias.

CARD COMPLETO:

BJJBET
São Paulo, Brasil
Domingo, 6 de setembro de 2020
-Adquira seu pay-per-view, AQUI

Lutas No-Gi
Robert Cyborg x Kaynan Duarte
Gregor Gracie x Isaque Bahiense
Xande Ribeiro x Vagner Rocha
Léo Lara x Ítalo Moura

Lutas de Quimono
Erberth Santos x Felipe Preguiça
Leandro Lo x Nicholas Meregali
Marcos Petcho x Servio Tulio
Rider Zuchi x Gutemberg Pereira
Gabi Pessanha x Yara Soares
Diego Pato x Alex Sodré
Meyram Maquine x Fabrício Takaka

Old School
Marcos Barbosa x Wander Braga

Luta sub-21
Mica Galvão x Felipe Porto

* Por Yago Rédua

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade