Ary Farias minimiza troca de adversários e projeta disputa de título interino no Taura MMA 10: ‘Vão ver minha melhor versão’

Publicado em 20/10/2020 por: Mateus Machado
Ary Farias minimiza troca de adversários e projeta disputa de título interino no Taura MMA 10: ‘Vão ver minha melhor versão’ Ary Farias vai disputar cinturão interino peso-galo no Taura MMA 10 (Foto reprodução Instagram @aryfariasmma)

publicidade

* Preparado para entrar em ação no Taura MMA 10, na próxima sexta-feira (23), no Rio de Janeiro, Ary Farias precisou lidar com duas mudanças de adversário antes do evento. Inicialmente, o lutador de 30 anos disputaria o cinturão linear peso-galo contra Douglas He-Man, atual detentor da cinta, mas viu seu oponente sair do card por conta de uma lesão. Ary, então, enfrentaria Patrizio Tiradentes em combate válido pelo título interino, entretanto, o atleta machucou a costela na última semana e também precisou ser retirado do combate.

Com isso, Ary Farias conheceu mais um rival: trata-se do americano Johnny Campbell (20-12), em luta que valerá o cinturão interino dos galos. Campbell, de 33 anos, vem de uma sequência de quatro vitórias consecutivas – todas por nocaute ou finalização. As boas performances lhe renderam um convite para lutar no Bellator, organização na qual enfrentaria Leandro Higo em março. No entanto, o americano precisou deixar o card e, assim, não entrou no cage ainda em 2020 – um contraste com cinco lutas no ano passado.

Apesar dos contratempos envolvendo as mudanças de oponentes, Ary Farias está pronto para ser campeão. O faixa-preta de Jiu-Jitsu também vem embalado por quatro vitórias em sua carreira, a última delas em novembro do ano passado, quando estreou no Taura MMA finalizando Rony Ratinho ainda no primeiro round. Em entrevista à TATAME, o multicampeão na arte suave falou de sua expectativa para o confronto.

“Foi uma ótima preparação. Treinei o tempo todo duro e visando essa luta. É um duelo com um atleta de alto nível, experiente e ex-Bellator. Ele vem lutar no Rio de Janeiro, isso aqui é Brasil e ele está vindo bater de frente com um trem. Sexta-feira a gente vê o que acontece. Fiz o meu melhor e me preparei muito, então vocês verão a minha melhor versão na hora que o confronto começar”, projetou o casca-grossa.

Confira o restante da entrevista com Ary Farias:

– Impacto das mudanças de adversário na preparação

Somos todos atletas de alto rendimento e esse é um esporte duro e com muita intensidade. A lesão faz parte do jogo, é uma coisa ruim, que não desejo para ninguém no mundo. Eu continuei fazendo a minha parte, como sempre faço. Mudou uma coisa aqui e ali, mas nada que nos atrapalhou. Inclusive, no meio de toda essa tristeza e tragédia no mundo por conta da pandemia do coronavírus, gostaria de agradecer ao evento por abrir as portas e estar dando emprego e oportunidade para todos nós, atletas e merecedores.

– Sequência na organização após estreia com vitória

Eu sou um funcionário do esporte e do evento Taura MMA, então, a minha obrigação é treinar e estar sempre preparado para mostrar serviço na hora da luta. O meu time é quem corre atrás do melhor para mim. Deixo meu futuro e minhas lutas nas mãos deles e eles são ótimos no que fazem.

– Oportunidade de enfrentar o Douglas He-Man no futuro

Eu prefiro pensar em um passo de cada vez, não sou covarde de falar de um cara lesionado e indefeso. Sexta-feira eu tenho uma guerra marcada contra o Johnny Campbell, porque a luta é diária, no dia a dia.

– Planos para a sequência da sua carreira no MMA

Almejo o céu. Quero ser o melhor que posso ser e do que qualquer outro produto que vocês já viram nesse mundo. Estou trabalhando muito forte e treino diariamente para estar sempre na minha melhor forma possível. Estou pronto para o combate e vamos em busca de mais um grande resultado, sem dúvida.

CARD COMPLETO:

Taura MMA 10
Upper Arena, no Rio de Janeiro (RJ)
Sexta-feira, 23 de outubro de 2020

Card principal
Peso-mosca: Felipe Gheno x Bruno Korea
Peso-galo: Ary Farias x Johnny Campbell
Peso-médio: Rousimar Toquinho x Tony Gordillo
Peso-médio: Serginho Moraes x Jared Revel
Peso-médio: Wendell Negão x Renê Soldado

Card preliminar
Peso-palha: Bruna Vargas x Maria Laura Alves
Peso-galo: Nilton Gavião x Manoel Maranhão
Peso-leve: Thiago Siriguela x Andrey Mineiro
Peso-leve: Denis Alagoas x Kauê Rodrigues
Peso-palha: Thaiane Souza x Simoni Santos
Peso-pena: Pedro Finger x Tiago Souza

* Por Mateus Machado

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade