* Considerada uma das principais organizações de MMA do mundo, o BRAVE Combat Federation confirmou mais dois eventos para serem realizados no Bahrein, sua sede principal. O BRAVE CF 44 acontecerá no próximo dia 5 de novembro e vai marcar a primeira defesa de título do campeão peso-leve Cleiton Predador, enquanto o BRAVE CF 45 está agendado para o dia 12 do mesmo mês. A informação foi apurada nesta quinta-feira (15) pela TATAME com fontes próximas à franquia.

Detentor do cinturão peso-leve, Cleiton colocará seu título em jogo diante do franco-tunisiano Amin Ayoub, que é ex-campeão de duas categorias do evento UAE Warriors. Atualmente com 34 anos, o brasileiro possui um cartel de 15 vitórias e apenas duas derrotas no MMA profissional. Pelo BRAVE CF, o “Predador” está invicto, com três triunfos contabilizados, sendo o último deles em agosto de 2019, diante do compatriota Luan Miau – por finalização via mata-leão no primeiro round -, quando conquistou o título dos leves.

Mais novo dez anos em relação a Cleiton Predador, Amin Ayoub, 24, vem embalado por uma sequência de seis resultados positivos e fez sua estreia pelo BRAVE Combat Federation em dezembro de 2019, quando superou Djamil Chan com uma guilhotina no terceiro round. Com 14 triunfos e quatro reveses em sua carreira nas artes marciais mistas, Amin tem como principal arma o jogo de chão, com oito finalizações.

Vale ressaltar que Cleiton Predador e Amin Ayoub vêm trocando provocações nos últimos meses através das redes sociais. O franco-tunisiano já revelou que mantém uma fotografia de “Predador” em sua geladeira, em casa, para servir como motivação todos os dias. Segundo Ayoub, a estratégia é ser obrigado a encarar o rival constantemente e nunca tirá-lo de mente. Ao tomar conhecimento disso, o brasileiro respondeu.

“É fácil falar de longe. Ele pode fazer isso o quanto quiser. Eu vi essa história de que ele usa uma foto minha como motivação, mas ele não vai chegar perto do meu título, essa foto será o mais próximo disso. Ele vai ficar no cheirinho só. Eu sou o campeão do BRAVE CF e assim permanecerei por muito tempo. Qualquer um pode me desafiar, mas não pense que vai sair impune. Ninguém tirará esse cinturão de mim”, afirmou.

* Por Mateus Machado