Em retorno após Covid-19, Ronaldo Jacaré enfrenta promessa italiana no UFC 256; Carlos Boi tem nova luta marcada

Publicado em 14/10/2020 por: Mateus Machado
Em retorno após Covid-19, Ronaldo Jacaré enfrenta promessa italiana no UFC 256; Carlos Boi tem nova luta marcada Duelo entre Marvin Vettori e Ronaldo Jacaré acontecerá no UFC 256, em dezembro (Foto reprodução UFC)

publicidade

Marcado para acontecer no dia 12 de dezembro, em Las Vegas, nos Estados Unidos, o UFC 256 ganhou um importante combate para o seu card. Visando reabilitação dentro da companhia, Ronaldo Jacaré terá pela frente a promessa italiana Marvin Vettori, em luta válida pela categoria peso médio. A informação foi confirmada pela ESPN americana na última terça-feira (13).

Atualmente com 40 anos, Ronaldo Jacaré deveria ter lutado no mês de maio, onde estava escalado para entrar em ação no UFC 249, diante de Uriah Hall, no entanto, o brasileiro testou positivo para o novo coronavírus no dia anterior ao duelo e foi retirado do evento. O faixa-preta de Jiu-Jitsu, que já foi campeão do extinto Strikeforce, vem de duas derrotas consecutivas no Ultimate, a última delas para Jan Blachowicz, por decisão dividida dos jurados, em confronto que aconteceu em novembro do ano passado, em São Paulo. O embate diante de Vettori, vale lembrar, vai marcar o retorno de Jacaré à categoria peso médio.

Bem mais novo que o brasileiro – 27 anos -, Marvin Vettori é o atual 14º colocado no ranking peso-médio do UFC. O italiano vive boa fase em sua carreira e vem embalado por uma sequência de três vitórias, diante de Cezar Mutante, Andrew Sanchez e Karl Roberson, este último em junho deste ano, por finalização.

Carlos Boi tem novo duelo marcado 

Apesar dos recentes desafios feitos a Raphael Bebezão, não será dessa vez que Carlos Boi vai enfrentar seu desafeto no UFC. O brasileiro teve acertada sua luta contra Justin Tafa, que vai acontecer no dia 16 de janeiro, em local ainda a ser definido. A informação foi confirmada pelo Combate.com na última terça-feira.

Com apenas 25 anos, o baiano possui duas apresentações dentro da organização. Após ser derrotado por Sergey Spivak na estreia, Carlos superou Yorgan de Castro no último dia 3 de outubro, por decisão unânime dos jurados. Seu adversário, Justin Tafa, tem retrospecto semelhante no Ultimate. Superado justamente por Yorgan de Castro no seu debute pela companhia, o australiano conseguiu se recuperar e, em fevereiro deste ano, venceu Juan Adams por nocaute ainda no primeiro assalto do confronto. O duelo será nos pesados.

 

Ver essa foto no Instagram

 

😁 📷: @tiagozepaiva

Uma publicação compartilhada por Carlos Felipe “Boi” (@cfcabralboi) em

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade