Escalado para o Pan 2020, faixa-preta deixa 5 lições importantes de Jiu-Jitsu antes de entrar em ação; saiba mais sobre

Publicado em 10/10/2020 por: Diogo Santarém
Escalado para o Pan 2020, faixa-preta deixa 5 lições importantes de Jiu-Jitsu antes de entrar em ação; saiba mais sobre Patrick Almeida entrou em ação na divisão dos pesados no Pan 2020 (Foto IBJJF)

publicidade

Neste fim de semana, em Kissimmee, na Flórida (EUA), o carioca Patrick Almeida entra em ação no seu primeiro Campeonato Pan-Americano como faixa-preta. O aluno de Everaldo Penco figura na divisão peso pesado, uma das mais complicadas do torneio da IBJJF (International Brazilian Jiu-Jitsu Federation), com 16 atletas.

Patrick, que hoje reside no Havaí, fez parte do seu camp final para o torneio em Tempe, no Arizona, Estados Unidos, onde alternou treinos entre a academia do professor Gustavo Dantas e do astro do MMA, Ryan Bader – hoje no Bellator -, junto com Jair Lourenço, Horlando Monteiro e companhia.

“Estou bem animado com os treinos que fiz e as últimas semanas aqui foram maravilhosas. Foi prazeroso dividir o tatame com essa galera que tem uma experiência incrível de Jiu-Jitsu. Eu mal posso esperar para competir. Eu nasci sem talento, habilidades naturais ou um físico avantajado, mas nunca me faltou em vontade, trabalho duro, coragem e visão para fazer as coisas acontecerem”, refletiu Patrick.

Antes de entrar em ação nos tatames azuis da IBJJF, Patrick deixou 5 lições importantes para você evoluir:

1- Não se preocupe com a opinião dos outros

“Isso mesmo, ninguém se importa com você, parece cruel mas é a realidade. Todos temos nossos problemas pessoais, nossos próprios desafios e estaremos focados neles. O que eu quero dizer com isso? Simples, nunca deixe de fazer o que quer por medo da opinião alheia. Jamais tenha vergonha de começar algo novo com medo do que as pessoas vão pensar. Quando for lutar um campeonato ou for tentar alguma posição nova, esqueça o que as pessoas vão pensar. Foque em você, foque em dar o seu melhor. Já que ninguém se importa não tem porque ter vergonha ou se preocupar”.

2- A melhor hora é agora

“Não espere ter condições ideais para fazer aquilo que você quer. Essas condições podem nunca existir e consequentemente você nunca terá o que quer. Quer emagrecer? Quer ficar mais forte? Quer ter um Jiu Jitsu melhor? Quer ser mais inteligente ou ganhar dinheiro? Comece agora! Comece hoje! Não espere segunda-feira para ir na academia, não espere o final de semana passar para começar a sua dieta, não espere. Comece agora, neste momento! Jogue fora o doce que estava pensando em comer, coloque o tênis e vá caminhar ou correr, deite no tapete da sala e faça séries de abdominal dando o triângulo… Desligue a TV e leia um livro, ou seja, faça aquilo que for possível para dar um passo em direção aquilo que você quer”.

3- Aprenda a se comunicar

“A comunicação é fundamental no Jiu-Jitsu. Saber se expressar, tirar suas dúvidas, criar amizades e no futuro passar o conhecimento adiante está, diretamente, ligado à sua capacidade de comunicação. Então, não tenha medo de falar com todos os seus colegas de treino, se apresentar ao aluno novo, tirar suas dúvidas e fazer seu networking. O ambiente criado dentro do Jiu-Jitsu é uma ferramenta poderosíssima que pode te ajudar dentro e fora do tatame. Toda academia tem um médico, um empresário, um policial entre muitos outros que poderão te dar suporte de alguma forma no futuro. A família criada dentro do tatame tem o poder de te ensinar muito em diferentes assuntos e te abrir portas pelo mundo”.

4- Trate todo mundo bem

“Um ‘boa noite’, um ‘boa tarde, tudo bem com você’, pode mudar o dia ou até mesmo a vida de uma pessoa. Todos nós merecemos ser reconhecidos, tratados com respeito e educação. Isso faz milagres na vida das outras pessoas. Trate todos de forma cordial e amigável e você verá resultados em todas as áreas da sua vida. Se você não for a pessoa mais preocupada com o bem estar do próximo, faça isso pensando em você, já que, seres humanos são animais que vivem em sociedade. Ao tratar bem o outro, você cria conexões”.

5- Seja o mais esforçado

“Uma vez ouvi a seguinte frase: ‘trabalho duro sempre vence o talento quando o talento se recusa a trabalhar duro’. A verdade é que o trabalho duro quando feito de forma inteligente sempre vence! Infelizmente, no Brasil do Futebol, seguimos a ‘cultura do talento’, você é quase predestinado a habilidoso desde pequeno. Esqueça essa mentalidade e se esforce, treine dia e noite, cedo ou tarde o seu trabalho duro dará resultados e você pode superar aqueles que um dia foram chamados de talentosos. Toda academia de Jiu-Jitsu tem aquele cara que quando entrou não sabia nem respirar e andar ao mesmo tempo, e hoje é um monstro no tatame, campeão. Portanto, não desanime nunca dos seus objetivos”.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade