Holly Holm e De Randamie vencem e se credenciam à disputa de cinturão no UFC; brasileiros brilham no card

Publicado em 04/10/2020 por: Mateus Machado
Holly Holm e De Randamie vencem e se credenciam à disputa de cinturão no UFC; brasileiros brilham no card Holly Holm superou Irene Aldana na luta principal do UFC on Fox 16 (Foto: Reprodução/UFC)

publicidade

A categoria peso-galo feminino do Ultimate ganhou duas importantes postulantes ao cinturão neste sábado (3), no card do UFC on ESPN 16, na “Ilha da Luta”, em Abu Dhabi. Na luta principal da noite, Holly Holm teve domínio absoluto sobre Irene Aldana e venceu a mexicana por decisão unânime, enquanto no card principal, Germaine de Randamie finalizou Julianna Peña no terceiro round. Com os resultados positivos, a americana e a holandesa se credenciaram ao título da divisão dos galos, que atualmente pertence à brasileira Amanda Nunes. Agora, cabe ao Ultimate optar por uma delas para enfrentar a “Leoa”. Vale ressaltar que Holm e De Randamie já enfrentaram a baiana, com ambas sendo derrotadas.

O card contou também com dois brasileiros em ação e o aproveitamento foi de 100%. No card preliminar, Luigi Vendramini deu show e nocauteou Jessin Ayari ainda no primeiro round, enquanto Carlos Felipe “Boi” fez valer sua técnica no Boxe para superar Yorgan de Castro na decisão unânime dos jurados.

Holm domina as ações e derrota Aldana

Holly Holm e Irene Aldana começaram o combate na busca pela melhor distância para golpearem. Com uma excelente movimentação, a americana foi a primeira a tomar uma ação mais ofensiva e aplicou alguns bons golpes, enquanto a mexicana não conseguia “encontrar” a ex-campeã dentro do cage e pouco desenvolveu seu jogo no primeiro round. No segundo assalto, Holm seguiu traçando uma boa estratégia, impedindo Aldana de se aproximar do seu raio de ação, além de conectar golpes precisos. Holly ainda conseguiu derrubar sua oponente, contabilizando pontos importantes na parcial.

O terceiro round foi mais um “monólogo” da ex-campeã, com uma nova queda, dessa vez com ainda mais domínio, tendo em vista que Holm conseguiu a montada e acertou bons socos no ground and pound. O embate ainda voltou a ficar em pé, mas Irene seguiu sem conseguir desenvolver seu jogo. Nos dois últimos assaltos, Holly Holm seguiu controlando com maestria qualquer tentativa de aproximação de Irene Aldana através de sua excelente movimentação dentro do cage e, sem maiores dificuldades, superou a mexicana por decisão unânime dos jurados, emplacando seu segundo triunfo seguido na franquia.

Carlos ‘Boi’ supera De Castro e vence a primeira no UFC

Carlos Felipe “Boi” e Yorgan de Castro tiveram um começo de luta baseado no estudo. O brasileiro buscava a aproximação para trabalhar os golpes na média e curta distância, enquanto Yorgan apostava no seu já conhecido chute baixo. Vitorioso no primeiro round por apresentar um maior volume de golpes, Carlos partiu para a trocação franca no início do segundo assalto e conectou fortes golpes de direita, enquanto De Castro seguia aplicando bons “low kicks” e cruzados de direita, deixando a parcial mais equilibrada.

Carlos Boi começou o terceiro e último round a todo vapor, conseguindo aplicar uma sequência avassaladora de golpes, que balançou Yorgan de Castro. Em resposta, o lutador de Cabo-Verde pressionou o brasileiro contra a grade, buscando o clinch a todo momento, na tentativa de “amarrar” a luta e contabilizar pontos com os poucos golpes no clinch, enquanto Carlos respondia com boas joelhadas. Ao fim dos três assaltos, os árbitros decretaram a vitória do baiano na decisão unânime dos jurados. Foi a primeira vitória de “Boi” em duas lutas na organização.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Foi uma boa luta de pesos-pesados, e o @cfcabralboi saiu com sua primeira vitória dentro do Octógono! #UFCFightIsland4 #InAbuDhabi @visitabudhabi

Uma publicação compartilhada por UFC Brasil (@ufc_brasil) em

De Randamie finaliza Peña e se credencia ao título

Ex-campeã peso-pena do UFC, Germaine de Randamie se aproximou da disputa de mais um título em sua carreira. Atual primeira colocada no ranking peso-galo, atrás apenas de Amanda Nunes, detentora do cinturão, a holandesa vinha fazendo um duelo bem equilibrado diante de Julianna Peña, mas no terceiro round, ao ver que sua oponente deixou o pescoço exposto em uma tentativa de queda, não perdeu tempo e encaixou uma justa guilhotina, que “apagou” Peña segundos depois do golpe aplicado. Com isso, De Randamie se recuperou da última derrota, sofrida justamente para Amanda Nunes, em dezembro do ano passado. Em entrevista pós-luta, Germaine deixou claro o seu desejo pela revanche contra a “Leoa”.

Condit volta de aposentadoria e supera McGee

Ex-campeão do WEC e ex-detentor do cinturão interino meio-médio do UFC, Carlos Condit , atualmente com 36 anos, estava aposentado do MMA, no entanto, decidiu voltar à ativa e fez seu retorno ao MMA no card deste sábado. O retrospecto nas últimas lutas era ruim, com seis derrotas sofridas em sete lutas na organização, mas diante de Court McGee, o americano reencontrou o caminho das vitórias. Condit mostrou um pouco da técnica que o consagrou ao longo da sua carreira, foi claramente superior na trocação em relação ao seu oponente e isso foi determinante para sair com o triunfo na decisão unânime dos jurados.

Vendramini dá show e nocauteia em retorno ao UFC

Fazendo seu retorno após dois anos sem lutar, Luigi Vendramini teve uma volta triunfal ao Ultimate. Em ação contra Jessin Ayari, o brasileiro teve atuação de gala e, logo na primeira ação ofensiva sobre o alemão, aplicou uma dura sequência de golpes, que teve fim após um potente chute alto de direita, que pegou em cheio no pescoço de Ayari, já caindo seminocauteado. Logo, só restou a Vendramini sacramentar seu triunfo com mais alguns golpes no ground and pound até a interrupção do árbitro central. Grande vitória de Luigi, que havia estreado no UFC, em 2018, com derrota para Elizeu Capoeira.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Sente a emoção do @luigivendramini.ufc 🇧🇷 depois do nocaute no #UFCFightIsland4! #InAbuDhabi @visitabudhabi

Uma publicação compartilhada por UFC Brasil (@ufc_brasil) em

RESULTADOS COMPLETOS:

UFC on ESPN 16
Ilha da Luta, em Abu Dhabi (EAU)
Sábado, 03 de outubro de 2020

Card principal
Holly Holm derrotou Irene Aldana por decisão unânime dos jurados
Carlos Boi derrotou Yorgan de Castro por decisão unânime dos jurados
Germaine de Randamie finalizou Julianna Peña com uma guilhotina no 3R
Kyler Phillips derrotou Cameron Else por nocaute técnico no 2R
Dusko Todorovic derrotou Dequan Townsend por nocaute técnico no 2R

Card preliminar
Carlos Condit derrotou Court McGee por decisão unânime dos jurados
Charles Jourdain x Joshua Culibao terminou em empate dividido
Nassourdine Imavov derrotou Jordan Williams por decisão unânime dos jurados
Loma Lookboonmee derrotou Jinh Yu Frey por decisão unânime dos jurados
Casey Kenney derrotou Heili Alateng por decisão unânime dos jurados
Luigi Vendramini derrotou Jessin Ayari por nocaute no 1R

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade