De olho no título, Marlon Moraes lidera evento com outros quatro brasileiros em mais uma edição do UFC na ‘ilha da luta’

Publicado em 10/10/2020 por: Mateus Machado
De olho no título, Marlon Moraes lidera evento com outros quatro brasileiros em mais uma edição do UFC na ‘ilha da luta’ Luta principal do UFC Fight Night 179 terá encontro entre Marlon e Cory Sandhagen (Foto reprodução YouTube UFC)

publicidade

Terceiro dos cinco eventos a serem realizados no retorno à “ilha da luta”, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, o UFC Fight Night 179 acontece neste sábado (10) e, ao todo, serão cinco brasileiros em ação. Na luta principal da noite, em duelo de futuros postulantes ao cinturão peso-galo, Marlon Moraes enfrenta o americano Cory Sandhagen. No co-main event, pela divisão dos penas, Edson Barboza vai em busca de reabilitação na companhia contra Makwan Amirkhani.

Além de Marlon e Edson, outros três brasileiros vão marcar presença esta noite. Pela divisão dos médios, Markus Maluko enfrenta Dricus du Plessis, enquanto no card preliminar, o peso-pesado Rodrigo Zé Colmeia e o peso-mosca Bruno Bulldoguinho vão encarar Chris Daukaus e Tagir Ulanbekov.

Marlon duela de olho em nova disputa de cinturão

O brasileiro Marlon Moraes (23-6-1) protagoniza a luta principal do evento deste sábado na “ilha da luta”. Natural de Nova Friburgo, o atleta chegou a ter uma luta marcada contra Petr Yan em junho, mas, com a aposentadoria do então campeão Henry Cejudo, o russo acabou sendo deslocado para enfrentar José Aldo pelo título no UFC 251, em julho, e se tornou campeão peso-galo. Líder do ranking da divisão, Marlon agora retoma a caminhada rumo a uma nova oportunidade de lutar pelo cinturão do UFC. Em sua última luta, em dezembro do ano passado, ele venceu o compatriota e ex-campeão José Aldo por decisão dividida.

Seu adversário será Cory Sandhagen (12-2-0), quarto entre os melhores na divisão dos galos. Depois de somar cinco vitórias seguidas no UFC, o norte-americano sofreu seu primeiro revés na franquia em junho.

Edson Barboza tem um novo desafio pela frente

O também friburguense Edson Barboza (20-9-0) é outro nome que entra no octógono neste sábado. Depois de quase dez anos de grandes atuações no peso leve, Barboza resolveu descer para os penas em maio, quando enfrentou Dan Ige e perdeu por decisão dividida – um resultado considerado polêmico por parte dos fãs de MMA e da mídia especializada. O brasileiro tem agora a chance de conquistar sua primeira vitória na nova divisão contra Makwan Amirkhani (16-4-0), que soma seis vitórias em oito lutas como profissional.

Maluko, Zé Colmeia e Bulldoguinho entram em ação

O peso-médio Markus “Maluko” Perez (12-3-0) volta a lutar depois de quase um ano. O atleta chegou a ter três lutas marcadas nos últimos sete meses, mas os confrontos acabaram cancelados por razões diferentes, entre elas a pandemia de Covid-10. Em Abu Dhabi, Markus, que tem 12 vitórias e três derrotas na carreira, terá pela frente o estreante e ex-campeão do KSW Dricus du Plessis (14-2-0), atleta da África do Sul.

Dois outros atletas completam o time brasileiro no card. O peso-pesado invicto Rodrigo “Zé Colmeia” Nascimento (8-0-0) faz sua segunda luta pelo UFC contra o americano Chris Daukaus (9-4-0). Rodrigo foi contratado depois de participar do reality show “Dana White’s Contender Series” e estreou na organização em maio com um triunfo por finalização ainda no primeiro round sobre Don’Tale Mayes.

Já o peso-mosca Bruno “Bulldoguinho” Silva (10-5-2, 1NC) abre o evento. Companheiro de treinos do ex-campeão Henry Cejudo, o paulista de Piracicaba busca sua primeira vitória no UFC contra o russo Tagir Ulanbekov (12-1-), companheiro de treinos de Khabib Nurmagomedov, atual campeão peso-leve.

RESULTADOS COMPLETOS:

UFC Fight Night 179
Ilha da Luta, em Abu Dhabi (EAU)
Sábado, 10 de outubro de 2020

Card principal 
Cory Sandhagen derrotou Marlon Moraes por nocaute técnico no 2R
Edson Barboza derrotou Makwan Amirkhani por decisão unânime dos jurados
Marcin Tybura derrotou Ben Rothwell por decisão unânime dos jurados
Dricus du Plessis derrotou Markus Maluko por nocaute no 1R
Tom Aspinall derrotou Alan Baudot por nocaute técnico no 1R
Ilia Topuria derrotou Youssef Zalal por decisão unânime dos jurados

Card preliminar
Tom Breese derrotou KB Bhullar por nocaute técnico no 1R
Chris Daukaus derrotou Rodrigo Zé Colmeia por nocaute no 1R
Joaquin Buckley derrotou Impa Kasanganay por nocaute no 2R
Tony Kelley derrotou Ali Alqaisi por decisão unânime dos jurados
Giga Chikadze derrotou Omar Morales por decisão unânime dos jurados
Tracy Cortez derrotou Stephanie Egger por decisão unânime dos jurados
Tagir Ulanbekov derrotou Bruno Bulldoguinho por decisão unânime dos jurados

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade