Presidente do Bellator coloca sob responsabilidade de Fedor revanche com Werdum: ‘Se ele quiser, vamos fazer’

Publicado em 15/10/2020 por: Mateus Machado
Presidente do Bellator coloca sob responsabilidade de Fedor revanche com Werdum: ‘Se ele quiser, vamos fazer’ Presidente do Bellator afirmou que revanche com Werdum está sob responsabilidade de Fedor (Foto reprodução YouTube)

publicidade

Ao derrotar Alexander Gustafsson em julho por finalização no primeiro round e ter seu contrato com o UFC encerrado, Fabrício Werdum deixou explícito o seu desejo em fazer uma revanche contra Fedor Emelianenko, a quem já enfrentou em 2010, no extinto evento Strikeforce, quando finalizou o russo com um triângulo em pouco mais de um minuto de combate. Ao ser perguntado sobre a possibilidade de uma segunda luta entre os dois pesos-pesados ocorrer, Scott Coker, presidente do Bellator – organização da qual Fedor faz parte atualmente -, deixou claro que a negociação para a reedição do combate vai depender da autorização do “Último Imperador”.

Atualmente com 44 anos, Emelianenko está na reta final de sua carreira e a organização pretende fazer uma “turnê de despedida” para a lenda russa, que deve realizar apenas mais dois combates, um em Moscou, na Rússia, e o outro nos Estados Unidos. Engajado para atender as vontades de Fedor antes da aposentadoria, Coker, em entrevista ao site MMA Junkie, deixou nas “entrelinhas” que estaria disposto até mesmo a assinar com Fabrício Werdum, desde que Fedor acene de forma positiva para uma revanche contra o brasileiro.

“Fedor está, acredito eu, (dividido) 50/50 nisso. Não é o desejo ardente que talvez Fabrício (Werdum) queira que seja, mas nós vamos continuar conversando com Fedor e ver se ele quer fazer isso. E se o Fedor quiser, então nós, definitivamente, vamos fazer isso acontecer, porque essa pode ser a luta que ele faça em Moscou ou em outro lugar, em uma de suas duas últimas duas lutas na carreira”, disse Scott Coker.

Com um cartel de 24 vitórias e nove derrotas no MMA profissional, Werdum vinha de duas derrotas, para Alexander Volkov e Alexey Oleynik, mas se recuperou ao vencer Alexander Gustafsson em sua última apresentação. Já Fedor Emelianenko, de suas últimas quatro lutas, perdeu apenas para Ryan Bader. O russo venceu, nessa sequência, Frank Mir, Chael Sonnen e Quinton “Rampage” Jackson, respectivamente.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade