Recuperado da Covid-19, Thiago Moisés destaca ‘confiança em alta’ para retorno ao UFC após finalizar Michael Johnson

Publicado em 30/10/2020 por: Mateus Machado
Recuperado da Covid-19, Thiago Moisés destaca ‘confiança em alta’ para retorno ao UFC após finalizar Michael Johnson Thiago Moisés vem de vitória e entra em ação no UFC Vegas 12, neste sábado (Foto reprodução Instagram @thiagomoisesmma)

publicidade

* Thiago Moisés, 25 anos, quer manter o bom desempenho no Ultimate depois de uma vitória maiúscula por finalização sobre Michael Johnson, no UFC Fight Night 171, em maio. Neste sábado (31), nos Estados Unidos, pelo UFC Vegas 12, o faixa-preta de Jiu-Jitsu vai tentar seu segundo triunfo seguido na organização contra Bobby Green, de 34 anos, em um duelo de três rounds.

“Estou muito confiante para essa luta, treinando bastante com a minha equipe e montamos uma estratégia certa para vencer o Bobby Green. Me sinto muito bem treinado, ainda mais vindo de uma vitória contra o Michael Johnson. Estou confiante para embalar uma sequência de vitórias no UFC, esse é o meu objetivo agora. Bobby Green é um adversário completo e experiente, então acredito que será uma luta muito interessante. Tenho treinado e focado especificamente para essa luta com o Bobby, inclusive com alguns companheiros que possuem o mesmo estilo de luta dele”, afirmou Moisés em entrevista à TATAME.

Thiago também aproveitou para contar como a vitória sobre Michael Johnson o deixa mais confiante para alçar voos maiores na organização e fazer “grandes combates” na divisão peso leve, como ele mesmo falou.

“A vitória contra o Michael Johnson foi muito importante para a minha carreira, diria que a mais importante até agora. O Johnson tem uma história dentro do UFC e colocar esse nome em meu currículo agregou muito valor pra mim. Agora eu quero ganhar do Bobby Green, que é um outro veterano que tem história no UFC e no MMA. A meta é vencer essa luta e fazer grandes combates, cada vez maiores”, projeta o jovem atleta.

Por fim, o lutador ainda relembrou o período em que ficou adoecido por conta da Covid-19, deu detalhes da recuperação em três semanas e fez um alerta: “Infelizmente, mesmo com os cuidados necessários e as precauções, eu acabei contraindo Covid-19. Fiquei com alguns dos sintomas da doença como, por exemplo, perda do olfato e paladar, dor de cabeça, muito cansaço e falta de energia. Então, é preciso que as pessoas tomem todos cuidados possíveis. Depois de três semanas eu voltei aos treinos, já totalmente recuperado”.

CARD COMPLETO:

UFC Fight Night 181
UFC Apex, em Las Vegas (EUA)
Sábado, 31 de outubro de 2020

Card principal (20h, horário de Brasília)
Peso-médio: Uriah Hall x Anderson Silva
Peso-pena: Bryce Mitchell x Andre Fili
Peso-médio: Kevin Holland x Charlie Ontiveros
Peso-pesado: Maurice Greene x Greg Hardy
Peso-leve: Bobby Green x Thiago Moisés

Card preliminar (17h, horário de Brasília)
Peso-leve: Chris Gruetzemacher x Alexander Hernandez
Peso-galo: Adrian Yanez x Victor Rodriguez
Peso-médio: Sean Strickland x Jack Marshman
Peso-meio-médio: Cole Williams x Jason Witt
Peso-meio-pesado: Dustin Jacoby x Justin Ledet
Peso-mosca: Cortney Casey x Priscila Pedrita
Peso-galo: Miles Johns x Kevin Natividad

* Por Vitor Freitas

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade