Vitorioso contra Paulo Borrachinha na luta principal do UFC 253, realizado no final de setembro, em Abu Dhabi (EAU), Israel Adesanya não chamou atenção somente pela sua atuação de gala no duelo, onde nocauteou o brasileiro no segundo round. Na ocasião, muitos fãs de MMA notaram que o peitoral direito do atual campeão peso-médio do Ultimate apresentava um tamanho maior em relação ao esquerdo, e não demorou para surgirem comentários a respeito do uso de esteroides.

Na época dos comentários e suspeitas de doping, Adesanya negou que estava utilizando qualquer substância proibida que pudesse causar a anomalia e revelou que iria fazer exames para saber o motivo exato do inchaço no peitoral direito. O lutador de 31 anos foi submetido a exames e, em entrevista ao programa “Ariel Helwani MMA’s Show” após os testes, afirmou que seus níveis hormonais estão normais, o que levou o “Stylebender” a imaginar o uso excessivo de maconha como principal causa do problema.

“Minha glândula pituitária (algo como hipófise) foi examinada e os níveis de hormônio estão bons, assim como os níveis de estrogênio e testosterona. Fizemos um ultrassom e uma mamografia pela primeira vez. Para ser honesto, eu não estou vivendo de forma muito saudável, como fumar maconha, foi o que o médico do UFC disse. Ele disse que eu preciso parar de fumar maconha, mas não vou parar, só diminuir”, disse.

A ginecomastia – termo médico utilizado para o inchaço no tecido mamário masculino -, vale destacar, pode ser desencadeada por uma série de fatores, incluindo entre eles uso de drogas e álcool, vários medicamentos e até produtos à base de plantas. Uma das causas mais conhecidos para a ginecomastia é o uso de anabolizantes ou andrógenos, todavia, Adesanya voltou a negar o uso de substâncias proibidas.

“Está tudo tranquilo, é apenas um acúmulo de gordura. Depois de uma performance como aquela (contra o Paulo Borrachinha), eu também pensaria que estou usando esteroides, porque foi tão alucinante. Eu pensei: ‘Caramba, eu acabei de fazer isso mesmo?”, concluiu o nigeriano, invicto no MMA com 20 triunfos somados.