O Forze FC realizou, no último sábado (28), em Curitiba, a primeira edição da sua história. Ao todo, 26 atletas entraram em ação nos 13 combates que foram promovidos no card e apenas três combates terminaram na decisão dos árbitros, o que comprova o alto nível das disputas. Na luta principal do evento, a peso-galo Josi Nunes teve grande atuação e derrotou Quezia Zbonik por nocaute técnico no segundo round, emplacando a sexta vitória consecutiva de sua carreira no MMA profissional.

“Foi uma luta muito dura. Eu estava confiante e preparada, mas em momento nenhum menosprezei minha adversária, que é uma atleta muito dura e que, inclusive, agradeço pelo grande combate. Aproveito também para agradecer o evento pela oportunidade de poder lutar e, graças a Deus, conseguimos mais uma vitória”, celebrou Josi Nunes, atleta de 26 anos.

No co-main event do Forze FC 1, válido pela categoria peso-leve, Juliano Prescendo colocou seu jogo de Jiu-Jitsu em ação e, ainda no primeiro round do duelo, finalizou Emerson Santos com um justo mata-leão. Com apenas 22 anos, Juliano conquistou o quinto triunfo em sequência na carreira e vem consolidando seu nome como um dos prospectos na divisão até 70kg.

Outros destaques do card ficaram por conta de Ozias Bull Terrier, Jaqueline Zangada, Alisson Murilo e Weslley Hélio, que nocautearam seus respectivos oponentes, enquanto Pedro Oliveira, Leonardo Fagundes e Jonathan Leares também deram show ao aplicarem belas finalizações.

Responsável por organizar a primeira edição do Forze FC, o empresário Stefano Sartori, que também é CEO do Imortal FC, celebrou o alto nível dos combates realizados no card e ressaltou os desafios em promover um evento de MMA em meio à pandemia da Covid-19.

“Realizamos a primeira edição Forze MMA e fazer um evento no meio de uma pandemia foi desafiador. Planejamos um show com transmissão ao vivo e uma estrutura de primeira, e durante a pesagem dos atletas, na sexta-feira pela manhã, recebemos a notícia da mudança de bandeira relacionada a Covid, o que restringia a realização de eventos em Curitiba. Buscamos nos adaptar e adotamos algumas medidas para aumentar a segurança de todos: adequação do horário do evento, criação de um cronograma diferenciado de lutas para evitar aglomeração de pessoas e cancelamento de boa parte de nossa estrutura de luz, som, telão e transmissão. O show, então, ficou 100% nas mãos dos atletas, fizemos MMA RAIZ, em estado puro, sem DJ, sem luzes, sem público, a atenção era toda aos atletas e esses caras deram um verdadeiro show. Gostaria de exaltar esses 26 atletas e seus treinadores por aceitarem lutar e nos proporcionarem um verdadeiro show de MMA. Tivemos nocautes impressionantes, finalizações, reviravoltas, e muita emoção e, em breve, a filmagem oficial estará disponível a todos em nosso canal no YouTube. Pedimos desculpas a quem estava esperando para assistir o evento ao vivo, mas nossa prioridade era realizar o evento e não desperdiçar o esforço dos 26 atletas que naquele momento já estavam no peso. 2021 está chegando e o Forze MMA 2 já está sendo planejado”, exaltou Stefano.

RESULTADOS COMPLETOS:

Forze FC 1
Sábado, 28 de novembro de 2020
Curitiba, no Paraná

Card profissional
Josi Nunes derrotou Quezia Zbonik por nocaute técnico no 2R
Juliano Prescendo finalizou Emerson Santos com um mata-leão no 1R
Lucas Bento derrotou Paulo Xavier por decisão dividida dos jurados
Ozias Bull Terrier derrotou Luiz Bernardi por nocaute técnico no 3R
Jaqueline Zangada derrotou Bia Arlequina por nocaute técnico no 2R
Alisson Murilo derrotou Paulo Oka por nocaute no 1R
Pedro Oliveira finalizou Guilherme Assis com um mata-leão no 2R
Erica Souza derrotou Geisy Nascimento por decisão unânime dos jurados
Weslley Hélio derrotou Jonatha Morais por nocaute no 1R
Felipe Lidio derrotou Willian Ferreira por decisão unânime dos jurados
Leonardo Fagundes finalizou Danilo Sinistro com um armlock no 1R

Card Amador
Vivian Rocha derrotou Caciana dos Santos por decisão unânime dos jurados
Jonathan Leares finalizou João Marteli com um armlock no 1R