Comunidade da luta se une para auxiliar tratamento de Paulo Borracha, acometido por AVC em 2018; confira como ajudar

Publicado em 15/11/2020 por: Mateus Machado
Comunidade da luta se une para auxiliar tratamento de Paulo Borracha, acometido por AVC em 2018; confira como ajudar Comunidade da luta se uniu em seminário beneficente a Paulo Borracha (Foto @michelle.fotografa)

publicidade

Nome de grande importância no cenário nacional das artes marciais, sendo comentarista de lutas por anos e responsável por arbitrar confrontos entre atletas de Jiu-Jitsu e Luta-Livre, Paulo Borracha vive um momento difícil em sua vida. Em 2018, o veterano, que possui grande prestígio entre os representantes das mais diversas modalidade, sofreu um AVC (Acidente Vascular Cerebral) e acabou sendo acometido por graves sequelas motoras, como a paralisação de um dos lados do corpo e o comprometimento quase que completo de sua fala.

Por conta disso, Borracha precisou passar por um intenso período de fisioterapia e fonoaudiologia, no entanto, os custos do tratamento são caros, sem contar na compra de ferramentas para uma melhor qualidade de vida do ex-árbitro de Vale-Tudo e MMA, como remédios, cama médica, cadeira de rodas, etc.

Foi pensando nisso que a comunidade da luta se uniu e, através de grandes representantes do esporte brasileiro, vem sendo possível auxiliar Paulo Borracha em seu processo de recuperação. Na última quarta-feira (11), na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro, foi promovido um seminário beneficente, onde a renda acabou destinada ao tratamento do casca-grossíssima. A cerimônia contou com nomes como Robson Gracie, Sylvio Behring, Carlão Barreto, Jorge Guimarães, Bebeo Duarte, entre outras feras.

“O encontro foi uma ideia do Carlão Barreto, que tomou a iniciativa, e quem fez tudo acontecer foi o Breno Guimarães, então enalteço os dois. A proposta é ajudar a família do Paulo Borracha, pois é um tratamento caro e todos nós estamos passando por uma situação difícil por conta da pandemia. A mobilização tem sido fantástica, essa união transcende as artes marciais, somos seres humanos, acima de tudo, temos que nos ajudar. O Borracha é um amigo, uma pessoa muito humilde, solícita, alegre, um grande parceiro. Treinamos algumas vezes, sempre gostei muito dos comentários dele. Conseguimos promover um encontro fantástico, ficamos brincando, trocando posições e o grande objetivo foi ajudar nosso amigo Borracha”, disse Sylvio.

Paulo Borracha vem recebendo grande auxílio do mundo da luta (Foto @michelle.fotografa)

Além do encontro, vem sendo organizada uma “vaquinha virtual” com o intuito de arrecadar recursos financeiros visando o tratamento e equipamentos médicos necessários para a recuperação de Borracha. O movimento recebeu um grande apoio da comunidade da luta e a expectativa é que, em breve, a Federação de Muay Thai do Rio de Janeiro também realize uma homenagem, como explicou Carneiro a seguir.

  • Clique AQUI para contribuir com a vaquinha virtual

“O Paulo Borracha teve um AVC grave há dois anos, ficou entre a vida e a morte. Ele está há dois anos sem fazer devidamente o tratamento por uma série de razões. A gente organizou uma maneira de ajudá-lo. Inicialmente, uma ‘vaquinha’ virtual, onde arrecadamos um bom dinheiro para custear o tratamento dele, e como teve uma repercussão muito grande da vaquinha em diante, principalmente na comunidade da luta, conseguimos também sensibilizar o pessoal do Jiu-Jitsu a organizar um seminário e o Borracha pôde comparecer com a cadeira de rodas elétrica que nós compramos. A Federação de Muay Thai também vai fazer uma homenagem a ele, e em todos esses eventos, a renda é revertida para ele. O objetivo é custear a ida dele para a Rede Sarah, na Barra da Tijuca, que admite portadores de lesões congênitas, ou adquiridas, do sistema nervoso central e periférico, e ele mora no Catete, o transporte é muito caro. O objetivo é recuperar a fala dele, porque o Borracha está com o lado direito paralisado e não consegue falar. É muito bom ver e contar com o apoio da comunidade da luta nesse momento difícil para ele”, exaltou Carneiro.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade