Corey Anderson usa cotoveladas para nocautear Melvin Manhoef em estreia no Bellator 251; brasileiros são derrotados

Publicado em 06/11/2020 por: Mateus Machado
Corey Anderson usa cotoveladas para nocautear Melvin Manhoef em estreia no Bellator 251; brasileiros são derrotados Ex-UFC Corey Anderson saiu vencedor por nocaute em sua estreia na organização (Foto Bellator MMA)

publicidade

Na última quinta-feira (5), o Bellator realizou sua edição de número 251 em Uncasville, Connecticut (EUA). Na luta principal da noite, em sua estreia na organização, o ex-UFC Corey Anderson mostrou que veio para “fazer barulho” na categoria meio-pesado. Diante de Melvin Manhoef, o americano de 31 anos impôs o ritmo para aplicar boas quedas – ponto mais vulnerável do seu adversário – e, tendo o controle no solo, castigou Manhoef com uma série de cotoveladas brutal até a interrupção do árbitro central no segundo round.

“Quem estiver lutando pelo cinturão (meio-pesado), quero o vencedor. Seja quem for a pessoa a ter esse cinturão, venha ter um encontro comigo”, disse Corey, que nos últimos dois anos, perdeu apenas para Jan Blachowicz, atual campeão do UFC. O americano já venceu os brasileiros Glover Teixeira e Johnny Walker.

No co-main event da edição, em duelo válido pela divisão dos pesados, Tyrell Fortune colocou em ação o seu forte jogo de Wrestling e também trabalhou bastante a parte de clinch para neutralizar as investidas de Said Sowma. Após três rounds, Fortune saiu com o triunfo por decisão unânime dos jurados, retomando o caminho das vitórias no Bellator – onde está desde 2016. O americano, de 30 anos, vinha de derrota para Timothy Johnson e um “No Contest” (luta sem resultado) no embate diante de Jack May, em setembro.

Brasileiros são derrotados 

Dois brasileiros entraram em ação no card do Bellator 251, no entanto, ambos foram derrotados por seus respectivos oponentes. Namorado da atleta Paige VanZant, que recentemente teve o contrato encerrado com o UFC, Austin Vanderford manteve sua invencibilidade no MMA, agora com dez vitórias contabilizadas. O meio-médio americano, de 30 anos, encarou o brasileiro Vinicius de Jesus, e após ter dificuldades no começo da luta, teve clara vantagem no decorrer do confronto, colocando em prática seu Wrestling para manter a vantagem e, por decisão unânime, anotar seu quarto triunfo consecutivo na companhia.

Também pela divisão dos meio-médios, Derek Anderson manteve seu bom momento no Bellator. Diante do brasileiro Killys Mota, apesar de sofrer com o bom Jiu-Jitsu do paulista no começo do confronto, o americano defendeu bem as tentativas de finalização e definiu o embate no segundo assalto, após acertar um chute na cabeça de Killys, que estava apoiado no solo. O golpe, que precisou ser revisado pelo VAR após intervenção do árbitro Mike Beltran, não foi considerado ilegal, tendo em vista que Mota, no momento em que recebeu o golpe, estava com o joelho levantado, e não totalmente apoiado no chão (vídeo abaixo).

RESULTADOS COMPLETOS:

Bellator 251
Uncasville, em Connecticut (EUA)
Quinta-feira, 5 de novembro de 2020

Corey Anderson derrotou Melvin Manhoef por nocaute técnico no 2R
Tyrell Fortune derrotou Said Sowma por decisão unânime dos jurados
Austin Vanderford derrotou Vinicius de Jesus por decisão unânime dos jurados
Derek Anderson derrotou Killys Mota por nocaute no 2R
Georgi Karakhanyan derrotou Bryce Logan por decisão dividida dos jurados
Julius Anglickas derrotou Alex Polizzi por decisão unânime dos jurados
Janay Hardin derrotou Jessy Miele por decisão unânime dos jurados
Ali Zebian derrotou Piankhi Zimmerman por decisão unânime dos jurados
Jaylon Bates derrotou Joe Supino por decisão unânime dos jurados
Sumiko Inaba derrotou Jessica Ruiz por nocaute técnico no 1R

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade