Dana ignora McGregor x Poirier valendo cinturão peso-leve do UFC e crê em volta de Khabib Nurmagomedov: ‘Não há pressa’

Publicado em 19/11/2020 por: Mateus Machado
Dana ignora McGregor x Poirier valendo cinturão peso-leve do UFC e crê em volta de Khabib Nurmagomedov: ‘Não há pressa’ Dana White acredita em retorno de Khabib mesmo após anúncio de aposentadoria (Foto reprodução Instagram)

publicidade

Ao derrotar Justin Gaethje por finalização no segundo round na luta principal do UFC 254, realizado no final de outubro, Khabib Nurmagomedov surpreendeu ao anunciar sua aposentadoria do MMA de forma precoce – aos 32 anos -, ressaltando que tinha mais “motivação” para retornar ao octógono e lutar após a morte do seu pai, em julho, após complicações causadas pelo coronavírus. Apesar da decisão do russo, Dana White, presidente do Ultimate, resolveu mantê-lo como campeão peso-leve da organização e segue acreditando em um retorno de Khabib.

A confiança de Dana é tão grande em uma volta de Nurmagomedov para a organização que o dirigente, mais uma vez, deixou claro que não pretende colocar o duelo entre Conor McGregor e Dustin Poirier, que a princípio, está marcado para acontecer no dia 23 de janeiro, como uma disputa de título vago na divisão dos leves.

“Khabib vai lutar. Acredito realmente que ele vai voltar. (A luta entre Conor McGregor e Dustin Poirier) não será pelo título”, disse Dana White, de acordo com o site MMA Fighting.

Um indício de que Khabib Nurmagomedov pode repensar sua decisão de aposentadoria é que, no último final de semana, o lutador postou uma foto em suas redes sociais onde realizava seu 47º teste antidoping pela USADA (Agência Antidoping dos Estados Unidos). Se o russo estivesse, de fato, decidido a deixar o MMA, não teria mais a “obrigação” de realizar tais exames. Ao ser questionado sobre isso, Dana admitiu não ter visto a postagem do campeão peso-leve, mas voltou a dizer que tem confiança no retorno do lutador, que está invicto no MMA, com 29 vitórias contabilizadas.

“Não sabia que isso (postagem com teste antidoping) tinha acontecido. Eu disse a vocês que acho que ele vai para (30-0 em seu cartel no MMA). Se ele ainda está testando, por que raios faria isso se não vai lutar? Ele não se comprometeu, mas sinto que ele vai voltar. Não estou realmente o pressionando. Deixe-o tirar um tempo, passar um tempo com a família, passar as férias. Não há pressa”, encerrou.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade