Um card repleto de brasileiros vai marcar o UFC Vegas 13, que acontece neste sábado (7), em Las Vegas, nos Estados Unidos. A luta principal da edição, por exemplo, terá o encontro entre Thiago Marreta e Glover Teixeira, válido pela categoria meio-pesado. Além disso, outros três atletas vão representar o Brasil no evento. Raoni Barcelos, Claudinha Gadelha e Marcos Pezão terão importantes desafios diante de Khalid TahaYan Xiaonan e Alexandr Romanov, respectivamente.

O co-main event vai protagonizar um confronto de pesos-pesados. No auge de seus 41 anos, Andrei Arlovski, que vem de duas vitórias em suas últimas três lutas no Ultimate, a última delas sobre o brasileiro Philipe Lins, vai encarar o canadense Tanner Boser, 12 anos mais novo, atleta que, coincidentemente, também vem de triunfos sobre brasileiros – Philipe Lins e Raphael Bebezão.

De olho no cinturão, Marreta e Glover medem forças 

Os brasileiros Thiago Marreta (21-7-0) e Glover Teixeira (31-7-0) fazem a luta principal deste sábado de olho em uma vaga como próximo desafiante ao cinturão meio-pesado, categoria que tem Jan Blachowicz como atual campeão. Os dois atletas, vale ressaltar, já viveram a experiência de disputar o título dos 93kg. Glover em 2014 e Marreta em 2019. Ambos saíram derrotados por decisão para o ex-campeão Jon Jones, mas não sem deixarem suas marcas no americano.

Aos 36 anos, Marreta se tornou um dos principais nomes da divisão depois de nocautear Eryk Anders, Jimi Manuwa e o atual campeão Blachowicz, e fazer luta dura com Jones, em julho do ano passado. Com recém-completados 41 anos, o mineiro de Sobrália Glover Teixeira vive um grande momento na organização, com quatro vitórias seguidas – a última em um impressionante nocaute sobre Anthony Smith, em maio.

Invicto no UFC, Raoni Barcelos mira o Top 15

Invicto desde que estreou no UFC, há quatro lutas, o carioca Raoni Barcelos (15-1-0) também estará em ação em Las Vegas. Com dois nocautes, uma finalização e uma decisão dentro da organização, o peso-galo agora vai atrás de um lugar no ranking da categoria. O adversário será o alemão Khalid Taha (13-2-0, 1NC), que retorna à organização após um ano afastado, e em suas últimas apresentações, acumulou um No Contest (luta sem resultado) e um triunfo diante de Boston Salmon por nocaute técnico no primeiro round.

Claudinha Gadelha visa manter o embalo na organização

Depois de duas vitórias seguidas, sobre Randa Markos e Angela Hill, a brasileira Claudinha Gadelha (18-4-0) volta ao octógono mais famoso do mundo em busca de uma nova chance de disputar o cinturão na categoria peso-palha, que tem Weili Zhang como atual detentora do título. Número 4 na divisão até 52kg, a atleta vai enfrentar a chinesa Yan Xiaonan (12-1-0, 1NC), oitava da categoria e considerada uma das promessas na categoria. Xiaonan ainda não perdeu na organização, acumulando quatro triunfos em sequência desde que estreou na franquia, o último deles sobre Karolina Kowalkiewicz, em fevereiro, por decisão unânime.

Marcos Pezão encara adversário invicto

O peso-pesado Marcos Pezão (17-7-1) completa o time de brasileiros no UFC Apex, em Las Vegas. Com duas vitórias em três lutas desde que voltou à divisão até 120kg, o paulista de Ribeirão Pires, que superou Ben Sosoli por nocaute ainda no primeiro round em sua última apresentação, vai enfrentar o invicto Alexandr Romanov (12-0-0), atleta da Moldávia, que fez sua estreia no Ultimate em setembro e finalizou Roque Martinez com um katagatame no segundo assalto.

RESULTADOS COMPLETOS:

UFC on ESPN 17
UFC Apex, em Las Vegas (EUA)
Sábado, 7 de novembro de 2020

Card principal
Glover Teixeira finalizou Thiago Marreta com um mata-leão no 3R
Andrei Arlovski derrotou Tanner Boser por decisão unânime dos jurados
Raoni Barcelos derrotou Khalid Taha por decisão unânime dos jurados
Giga Chikadze derrotou Jamey Simmons por nocaute técnico no 1R
Yan Xiaonan derrotou Cláudia Gadelha por decisão unânime dos jurados

Card preliminar
Trevin Giles derrotou Bevon Lewis por nocaute técnico no 3R
Alexandr Romanov finalizou Marcos Pezão com um estrangulamento no 1R
Darren Elkins finalizou Luiz Eduardo Garagorri com um mata-leão no 3R
Max Griffin derrotou Ramiz Brahimaj por nocaute técnico (interrupção médica) no 3R
Gustavo Lopez finalizou Anthony Birchak com um mata-leão no 1R