Em card com desistência e show de nocautes, BRAVE CF 45 consagra colombiano Dumar Roa na luta principal

Publicado em 20/11/2020 por: Mateus Machado
Em card com desistência e show de nocautes, BRAVE CF 45 consagra colombiano Dumar Roa na luta principal Colombiano Dumar Roa foi o vencedor na luta principal do BRAVE CF 45 (Foto: Divulgação/BRAVE CF 45)

publicidade

O BRAVE CF 45, realizado na última quinta-feira (19), no Bahrein, e que marcou o fim da segunda parte da série “Kombat Kingdom”, em que a principal organização de MMA do Oriente Médio realiza eventos consecutivos em seu país-natal, terminou com uma luta em tom de mistério.

O ex-UFC Ian Entwistle foi chamado de última hora para substituir o brasileiro Gabriel “Fly” Miranda, diagnosticado com Covid-19 pouco antes de embarcar para o combate diante do colombiano Dumar Roa. Entwistle aceitou retornar ao MMA após quase quatro anos afastado e demonstrou rapidamente sua vontade de pisar novamente no cage.

Mal soou o gongo e o inglês partiu pra cima de Roa, tentando derrubá-lo com uma direita que acabou não pegando em cheio. Entwistle e Roa clincharam rapidamente e “Enty”, como ele também é conhecido, puxou o adversário para a guarda, partindo direto para uma chave de tornozelo.

Os dois ficaram por quase três minutos batalhando pela posição, com Entwistle variando entre tentativas de chaves de tornozelo, panturrilha e de joelho reta. Com muita luta, e também paciência, Dumar Roa se livrou da posição e foi para a posição de 100kg, mas, tão logo ele se colocou lateralmente ao rival, Entwistle bateu em desistência.

O árbitro Dec Larkin interferiu imediatamente, parando a luta, mas a dúvida seguiu pairando sobre todos os presentes e também os fãs acompanhando a transmissão ao vivo. O que teria feito com que “Enty” desistisse?

Pelo menos parte das respostas foram dadas logo após o fim do combate, com o corpo médico do BRAVE CF informando que o inglês sofreu uma lesão no joelho, possivelmente nos ligamentos. Porém, a natureza exata da lesão e, principalmente, em que momento ela foi sofrida, seguem ainda sem qualquer tipo de confirmação.

Com o triunfo, Dumar Roa chegou a sua segunda vitória consecutiva no BRAVE Combat Federation, ambas conseguidas atuando no Reino do Bahrein. Dessa forma, com o resultado positivo obtido, o “Corazón de Leon” levou seu cartel profissional a 15 vitórias e oito derrotas.

Além da luta principal, o BRAVE CF 45 contou com outros bons momentos. Foram outros três nocautes e outras duas finalizações, com destaque para a boa vitória de Nkosi Ndebele, que teve uma atuação de gala e nocauteou Zia Mashwani ainda no primeiro round, emplacando seu segundo triunfo consecutivo na organização.

RESULTADOS COMPLETOS: 

BRAVE CF 45
Bahrein
Quinta-feira, 19 de novembro de 2020

Dumar Roa derrotou Ian Entwistle por nocaute técnico (lesão) no 1R
Mohammed Said Maalem derrotou Zvonimir Kralj por nocaute técnico no 1R
Abdisalam Uulu Kubanychbek derrotou Vagif Askerov por nocaute técnico no 1R
Nkosi Ndebele derrotou Zia Mashwani por nocaute técnico no 1R
Murtaza Talha finalizou Vadim Litvin com um mata-leão no 2R
Akhmed Magomedov derrotou Abdul Azim Badakhshi por decisão unânime dos jurados
Adon Ayoub finalizou Isa Alameeri com uma chave de braço no 2R
Mohammed Zuhair derrotou Ali Abuhamda por decisão unânime dos jurados

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade