Robson Gracie Jr explica lesão que o tirou de luta do Bellator e confirma participação no Pan No-Gi: ‘Acrescenta nos treinos’

Publicado em 16/11/2020 por: Yago Redua
Robson Gracie Jr explica lesão que o tirou de luta do Bellator e confirma participação no Pan No-Gi: ‘Acrescenta nos treinos’ Robson Gracie Jr tem iniciado sua trajetória no Bellator com três finalizações (Foto Bellator MMA)

publicidade

* Sem lutar desde novembro de 2019, Robson Gracie Jr viu dois duelos com Billy Goff caírem. O primeiro adiamento foi em março, por conta da pandemia, que suspendeu todos os eventos do Bellator. Depois, em setembro, uma lesão tirou o faixa-preta de Jiu-Jitsu do combate.

“Foi uma lesão no joelho esquerdo. Na verdade, esse joelho, eu lesionei mesmo dez dias antes da luta que aconteceria em março. E aí achei que já estivesse 100%. Então, comecei a treinar normal e, faltando duas semanas, acabei lesionando outra vez”, destacou o lutador em entrevista à TATAME.

Robson, que está invicto no MMA com três vitórias, contou que negocia para lutar ainda em 2020, no mês de dezembro. No entanto, não há nenhuma definição do Bellator. O membro da família Gracie disse que, apesar da longa paralisação por conta da pandemia, pouco conseguiu aproveitar o tempo para treinar.

“Recuperei algumas lesões apenas e treinei um pouco mais de Boxe. Fora isso, não teve muito proveito, pois acabei me lesionando outra vez. Infelizmente, não tem o que fazer”, contou o meio-médio de 31 anos.

Sem definição para lutar MMA, o faixa-preta brasileiro se inscreveu para participar do Pan de Jiu-Jitsu No-Gi da IBJJF, que será nos dias 21 e 22 de novembro, nos Estados Unidos: “Claro que meu foco é o MMA, mas isso não vai me atrapalhar em nada. Caso eu venha a lutar pelo Bellator no início de dezembro, eu não irei competir (o Pan No-Gi). Mas vejo como algo que só tem a acrescentar nos treinos”, concluiu o casca-grossa.

* Por Yago Rédua

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade