Wellington Predador brilha e nocauteia Bruno Viana no SFT 25; Velaminho tem boa estreia e finaliza Anderson Buzika

Publicidade

O SFT promoveu, no último sábado (21), sua edição de número 25 e o grande destaque ficou por conta de Wellington Predador. Fazendo a luta principal do evento diante de Bruno Viana, o peso-pena teve uma atuação de gala e, conhecido por ser um grande finalizador, mostrou que também está com sua trocação em dia. Prova disso é que o paulista, de apenas 21 anos, conseguiu nocautear seu adversário ainda no primeiro round, em pouco mais de quatro minutos, e emplacou sua quinta vitória em seis lutas realizadas na organização.

No co-main event, fazendo sua estreia pelo SFT, Marcio Velaminho, número 3 do ranking da categoria peso-leve na China – onde fez diversas lutas ao longo dos últimos anos -, deu um show de Jiu-Jitsu. Em ação contra a fera Anderson Buzika, o baiano de 32 anos precisou de apenas três minutos para encaixar um justo triângulo de mão e forçar os três tapinhas de Buzika, mostrando que pode ser mais um nome de alto nível na divisão dos leves da organização. Foi o sétimo triunfo de Velaminho em suas últimas oito apresentações no MMA profissional.

Outras boas vitórias marcaram o card do último sábado. Em uma das melhores lutas do evento, Bruno Gafanhoto teve uma atuação dominante em duelo contra Isaias Simões e saiu vencedor na decisão unânime dos jurados após três rounds de luta, emplacando sua quarta vitória consecutiva no SFT. Outro confronto de alto nível, este válido pelo SFT Xtreme (que promove duelos de Kickboxing com os atletas utilizando luvas de MMA), Raphael Dengue fez revanche contra Cícero Evangelista e voltou a sair vitorioso, desta vez por nocaute ainda no round inicial.

O SFT 25 contou ainda com outros dois confrontos no Semipro, com atletas que estão na transição do MMA amador rumo ao profissional. Na categoria meio-médio, o invicto Matheus Rocha mostrou um melhor nível na luta em pé e venceu Nilton Gomes na decisão unânime, dando fim à invencibilidade do seu oponente. Na luta de abertura da edição, Sarah Filipini foi declarada vencedora sobre Mayara Mota por nocaute técnico (interrupção médica) no intervalo do primeiro para o segundo round.

Próximo evento da companhia, o SFT 26 acontece no próximo dia 5 de dezembro. Na luta principal da noite, pela categoria peso-médio, Eduardo Camelo vai medir forças contra Cleber Sousa, enquanto no co-main event, Marcílio Muniz e Wagner Mangaba vão disputar o título inaugural peso-leve do SFT Xtreme.

CARD COMPLETO:

SFT 25
São Paulo (SP)
Sábado, 21 de novembro de 2020

Wellington Predador derrotou Bruno Viana por nocaute no 1R
Marcio Velaminho finalizou Anderson Buzika com um triângulo de mão no 1R
Bruno Gafanhoto derrotou Isaias Simões por decisão unânime dos jurados
Raphael Dengue derrotou Cícero Evangelista por nocaute no 1R
Matheus Rocha derrotou Nilton Gomes por decisão unânime dos jurados
Sarah Filipini derrotou Mayara Mota por nocaute técnico (interrupção médica) no 1R

Publicidade

Notícias relacionadas

DEIXAR UMA RESPOSTA

Por favor, poste seu comentário
Por favor, escreva seu nome aqui

Publicidade

Jiu-Jitsu