Realizado no último sábado (12), o UFC 256 provocou mudanças importantes nos rankings da organização, a principal delas na categoria peso leve, justamente após a vitória de Charles do Bronx por decisão unânime sobre Tony Ferguson, no co-main event da noite. Agora embalado por oito triunfos consecutivos, o brasileiro subiu quatro posições e assumiu a terceira colocação – onde Ferguson estava – na lista, atrás somente de Dustin Poirier, Justin Gaethje e do campeão Khabib Nurmagomedov, que mesmo aposentado do MMA por enquanto, continua como detentor do título.

Com o empate diante de Brandon Moreno na luta principal do evento, Deiveson Figueiredo manteve o cinturão peso-mosca em sua posse e ganhou posições importantes no ranking peso-por-peso, que envolve lutadores de todas as categorias do Ultimate. O paraense, que era o 11º, agora é o nono colocado após ultrapassar Justin Gaethje e Petr Yan, atual detentor do título peso-galo. A liderança segue com Khabib Nurmagomedov, enquanto Jon Jones e Israel Adesanya fecham o Top 3 com os melhores da organização.

Algozes dos brasileiros Ronaldo Jacaré e Junior Cigano, Kevin Holland e Ciryl Gané também tiveram o bom desempenho recompensado. No peso médio, Holland, que estava em 15º, pulou cinco posições agora é o décimo, enquanto na divisão dos pesados, Gané deu um salto ainda maior, da 14ª para a sétima colocação.