O desafio feito por Acelino “Popó” Freitas a Whindersson Nunes para uma luta de exibição no Boxe – que ainda não têm data e local confirmados – gerou grande repercussão e, consequentemente, atraiu a atenção de outros lutadores, que visam fazer parte do evento. Medalhista de prata nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, e considerado um dos principais pugilistas do Brasil, Esquiva Falcão lançou desafio ao ex-lutador do UFC, Lucas Mineiro, para que ambos se enfrentem na luta co-principal do card que terá como grande atração o duelo entre Popó e Whindersson.

Na última terça-feira (29), Esquiva, que vem trilhando uma carreira de sucesso no Boxe profissional, utilizou a ferramenta de “stories” em sua conta oficial no Instagram para desafiar Mineiro, que prontamente aceitou o “chamado”, e ambos mostraram grande expectativa para o possível combate.

“Quero desafiar aqui o Lucas Mineiro. Ele é treinado pelo Caio Franco, que treina o Whindersson Nunes. Então, coloca a gente no evento Whindersson x Popó. Vou meter a porrada no Lucas Mineiro. Podem acreditar. Lucas Mineiro, vou lhe meter a porrada! É só aceitar o desafio. Vamos fazer essa brincadeira acontecer, beleza? Aguardo sua resposta”, disse Falcão através dos vídeos, que logo foi respondido por Lucas Mineiro.

“Fala, Esquiva! Estou começando meu treino e acabei de ver o seu vídeo. Acho que essa luta do Popó com o Whindersson merece um co-main event legal, então estou dentro. Vamos lá, vamos sair na mão e fazer essa brincadeira também. Aceito o desafio! Já estou pronto, treinando e vamos lá! Esquiva Falcão x Lucas Mineiro no co-main event de Windersson x Popó”, afirmou Lucas.

Medalhista nas Olimpíadas, Esquiva Falcão vive a expectativa de conquistar o título mundial de Boxe na próxima temporada. Natural do Espírito Santo, o lutador está invicto na carreira profissional, com 27 vitórias em 27 lutas, sendo 19 por nocaute. Atualmente, Esquiva ocupa a terceiro colocação do ranking mundial dos pesos-médios da Federação Internacional de Boxe (IBF, em tradução do inglês), está em sexto no Conselho Mundial de Boxe (WBC), sétimo na Organização Mundial de Boxe (WBO) e 13º na Associação Mundial de Boxe (WBA).

Aos 32 anos, Lucas Mineiro possui uma carreira voltada ao MMA, onde contabiliza um cartel de 20 vitórias (sendo 12 por nocaute) e cinco derrotas. O atleta fez parte do plantel do UFC entre 2013 e 2016, e atualmente integra o elenco do BRAVE Combat Federation, onde vem de duas derrotas consecutivas, ambas por nocaute ainda no primeiro round.