Para o professor Dennis Lima, existe uma regra simples para aprendermos os movimentos do Jiu-Jitsu: repetir até deixar cada posição no modo automático. Porém, ele, que é praticante desde 1997, conta que não era bem assim que os antigos viam a forma de aprender Jiu-Jitsu e, principalmente, aquecer o corpo antes de uma aula normal.

“Eu venho do old-school… Comecei no Jiu-Jitsu em 1997 e naquela época não tinha esse negócio de fazer drill. Era um aquecimento pesado, alguns minutos treinando posição e porrada. Mas o Jiu-Jitsu evoluiu e aquele que fala que segue o padrão apenas da escola antiga com certeza está atrasado”, frisou Dennis.

“Com a evolução do Jiu-Jitsu vieram os treinos de drill, que resumindo são repetições de posição em determinado treino específico, o que, na maioria das vezes, ao incluirmos no plano de aula economizamos tempo. Ao invés de perdermos 30 minutos com aquecimento pesado, fazemos 30 minutos de drill, onde gera um desgaste físico tanto quanto o treino de exercícios. Como eu trabalho com atletas de competição, treinos extras são necessários e após eu implantar o treino de drills na minha academia, eu percebi uma evolução mais rápida dos atletas. Nos dias de hoje a maioria das aulas são através de drill solo ou em dupla”.

Por fim, o experiente faixa-preta também comentou, na sua própria concepção, o motivo do drill ser tão importante para o processo evolutivo do aluno atualmente, seja ele um competidor ativo ou não.

“Assim como o treino de drill pode acelerar o processo de evolução do atleta, a falta dele pode desacelerar. Pensa comigo: por que vou gastar 30 ou 40 minutos de aquecimento correndo, fazendo flexão e abdominal, se posso iniciar o aquecimento com posições simples e dinâmicas que, geralmente, uso no meu jogo? Não digo que a falta de drill vai atrapalhar a evolução do aluno, até porque na minha época era diferente e meu Jiu-Jitsu desenvolveu, mas nos dias de hoje onde a competitividade nos campeonatos é iminente, é claro que devemos seguir a evolução do nosso esporte e treinar muito drill. Faça aquecimento com drill e isso vai ajudar na evolução da parte técnica, e procure fazer a parte física em horário separado”, indicou o professor.

Veja no vídeo a seguir 22 drills para evoluir sua parte técnica: