Após precisar agir de forma rápida em seus últimos eventos com o cancelamento de lutas de última hora, o Ultimate segue sendo afetado diretamente pela pandemia da Covid-19. O duelo entre Leon Edwards e Khamzat Chimaev, que estava programado para acontecer no próximo dia 19 de dezembro, no main event do UFC Fight Night 183, precisou ser cancelado depois de Edwards testar positivo para o vírus. O confronto será remarcado para uma nova data no início de 2021, a ser definida.

De acordo com a ESPN americana, responsável por noticiar o cancelamento do embate, Leon Edwards perdeu cerca de 5kg em quatro dias após ser diagnosticado com o novo coronavírus e, no momento, está se recuperando em casa. O lutador jamaicano radicado na Inglaterra não atua desde julho do ano passado e vem de uma sequência de oito vitórias consecutivas no Ultimate, a última delas sobre Rafael dos Anjos, na decisão unânime. Já Khamzat Chimaev chegou à franquia este ano e, desde então, vem impressionando, com três triunfos contabilizados, sendo os dois últimos por nocaute ainda no primeiro round. Radicado na Suécia, Chimaev está invicto no MMA profissional, com nove resultados positivos até agora.

Luta entre Thompson e Neal é promovida

Com o cancelamento de Leon Edwards x Khamzat Chimaev, o UFC Fight Night 183, em 19 de dezembro, já tem uma nova atração. O card, que vai acontecer em Las Vegas, nos Estados Unidos, terá o confronto envolvendo Stephen Thompson e Geoff Neal – antes agendado como co-main event – na luta principal e, assim, cinco rounds de duração. A informação foi confirmada pelo MMA Fighting na última terça-feira (1).

Ex-desafiante ao cinturão meio-médio em duas oportunidades, Thompson é, atualmente, o quinto colocado no ranking da categoria até 77kg, e em novembro do ano passado, derrotou o brasileiro Vicente Luque na decisão unânime dos jurados. Sete anos mais novo em relação ao seu oponente, Geoff Neal ocupa o 11º lugar entre os melhores da divisão e, desde que estreou no Ultimate, em 2018, vem embalado por uma série de cinco triunfos, o mais recente deles diante de Mike Perry, por nocaute ainda no primeiro round.

Warlley Alves tem retorno ao UFC marcado

Sem lutar desde novembro de 2019, Warlley Alves, enfim, já tem data e adversário definidos para entrar em ação pelo UFC. O brasileiro vai fazer parte do primeiro card da organização em 2021, marcado para acontecer em 16 de janeiro, em Las Vegas (EUA) ou na “ilha da luta”, em Abu Dhabi. O atleta meio-médio vai enfrentar Christian Aguilera, de acordo com informação do site MMA Fighting na última terça-feira (1).

Warlley integra o plantel de atletas do Ultimate desde 2014 e, para o duelo contra Aguilera, tentará melhorar seu retrospecto recente na organização, tendo em vista que o carioca foi derrotado em duas de suas últimas três lutas. Adversário do brasileiro, o americano Christian Aguilera foi contratado pela companhia este ano e já realizou duas lutas desde então, com uma vitória sobre Anthony Ivy e um revés para Sean Brady.