Com uma trajetória marcante no MMA e no Boxe, Rogério Minotouro também possui uma história inspiradora ligada ao Jiu-Jitsu. Natural de Vitória da Conquista, na Bahia, o atleta veio ainda muito jovem para o Rio de Janeiro, onde disputou diversos torneios desde a época de faixa-azul. Os anos se passaram e Minotouro, acompanhado do seu irmão, Rodrigo Minotauro, se tornou uma grande referência nas artes marciais, além de ter desenvolvido a Team Nogueira, uma das redes de academias mais sólidas e conceituadas do mercado.

Atualmente com 44 anos de idade, Rogério segue levando a luta como propósito de vida. Prova disso é que, no último sábado (12), na Team Nogueira Concept, no Rio de Janeiro, o casca-grossa recebeu do seu mestre, Ricardo De La Riva, o quinto grau na faixa preta, assim como Maurinho Paolino, outra importante figura do Jiu-Jitsu, que já foi campeão mundial e brasileiro na arte suave. Por meio de suas redes sociais, Rogério Minotouro celebrou a graduação e relembrou detalhes da sua jornada no esporte.

“Uma decisão. Apenas uma decisão pode mudar o nosso destino. Lembro exatamente do dia dessa decisão. Pedi demissão de um trabalho de técnico de manutenção de computadores, joguei uma mochila nas costas. Nela um quimono, algumas peças de roupa e muitos sonhos. No bolso, R$ 350,00 da rescisão. Foram dois dias de viagem de ônibus, de Salvador para o Rio de Janeiro. Vim lutar o meu primeiro campeonato de faixa-azul, e na mesma viagem, uma ideia: fazer uma prova de vestibular para o curso de Direito na faculdade Gama Filho, no Rio de Janeiro. Ganhei o campeonato e passei na prova. O sentimento era de felicidade, esperança de vir morar no Rio. As dificuldades apareceram logo, pensei em desistir várias vezes, mas uma das maiores influências que tive para seguir no Rio foi quando cheguei na academia do mestre De la Riva. Lembro bem dessa época. Eu era um iniciante, de outro estado, mas o jeito que ele me recebeu fez a diferença. A paciência de me mostrar cada detalhe das técnicas me deixava vez mais fascinado pelo Jiu-Jitsu”.

“Ontem foi um dia muito especial. O dia que eu e o professor Maurinho tivemos a honra de receber o quinto grau na faixa preta das mãos do nosso mestre De La Riva, no mesmo dia, na Team Nogueira Concept. Vinte anos de faixa preta. Vinte anos de outra grande decisão: ser um profissional e viver exclusivamente da arte marcial. Ontem lembramos dessas histórias, das vitórias e das dificuldades, das amizades que fizemos nessa caminhada que nos fizeram chegar até aqui, sempre com o apoio do mestre. Tem preço essa faixa preta? Um valor incalculável. Nela, está a minha história, toda a minha trajetória, as amizades, viagens, lutas e sacrifícios que fizemos para chegar até ela. O mestre De la Riva foi umas das pessoas mais importantes na nossa caminhada, pelos conselhos e por toda influência para que eu tomasse a decisão de me tornar um profissional e viver da arte marcial, não desistir no caminho. Ontem foi um dia memorável. Obrigado, mestre, pelos ensinamentos e parceria de todos esses anos, pelo incentivo e por nos mostrar o caminho”.