Realizado no último sábado (5), o SFT 26 teve como grande destaque o casca-grossa Cleber Sousa. Fazendo a luta principal do evento diante de Eduardo Camelo, o ex-campeão peso-médio e meio-médio da organização teve uma atuação de gala e, em seu retorno, saiu vencedor por nocaute no segundo round de combate, mantendo sua invencibilidade na companhia, agora com quatro triunfos contabilizados. Aos 36 anos, o experiente lutador garantiu que está pronto para tentar retomar o posto de detentor do cinturão dos médios, que atualmente pertence a Irwing “King Kong”.

O co-main event da edição ficou marcado na história da organização, pois definiu o primeiro campeão do SFT Xtreme (modalidade onde lutas de Kickboxing são realizadas com luvas de MMA). Em uma das melhores lutas da noite, Marcilio Muniz e Wagner Mangaba foram os responsáveis por promover um confronto de alto nível. Após cinco rounds de uma intensa batalha, Marcilio foi claramente superior e derrotou um dos principais strikers da atualidade, saindo com o triunfo na decisão unânime e, consequentemente, com o cinturão peso-leve em sua posse.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por SFT MMA (@sftmma)

No card principal, outro grande destaque ficou por conta de Acácio Pequeno. Vivendo grande fase em sua carreira, o mineiro superou Tyago Buda na decisão unânime dos árbitros, em luta que teve muita ação por parte de ambos atletas, e emplacou a oitava vitória consecutiva em seu cartel no MMA profissional, a terceira representando o SFT. Quem também brilhou foi o atleta Rafael do Bronx, que fez bom uso do seu Jiu-Jitsu e finalizou Moacir Rocha com uma justa guilhotina no terceiro round.

Outros três atletas tiveram boas atuações no card do SFT 26 e conquistaram importantes vitórias para a sequência de suas carreiras, como Fernando “Bad Time”, Jeanne Ruas e André Mascote, que levaram a melhor, na decisão unânime, sobre Helio Nunes, Maria Servalho e Marcos Thailandes, respectivamente.

RESULTADOS COMPLETOS:

SFT 26
São Paulo (SP)
Sábado, 05 de dezembro de 2020

Cleber Sousa derrotou Eduardo Camelo por nocaute no 2R
Marcilio Muniz derrotou Wagner Mangaba por decisão unânime dos jurados
Acácio Pequeno derrotou Tyago Buda por decisão unânime dos jurados
Rafael do Bronx finalizou Moacir Rocha com uma guilhotina no 3R
Fernando Bad Time derrotou Helio Nunes por decisão unânime dos jurados
Jeanne Ruas derrotou Maria Servalho por decisão unânime dos jurados
André Mascote derrotou Marcos Thailandes por decisão unânime dos jurados