O brasileiro Alex Poatan segue fazendo história no GLORY Kickboxing. No primeiro evento da franquia em 2021 – a edição 77 -, realizado no sábado (30), em Roterdã, na Holanda, o lutador se tornou o primeiro nome da organização a ostentar dois cinturões absolutos de forma simultânea, o popular campeão duplo.

Com um sólido reinado nos médios, Poatan chegou para o duelo contra o campeão linear dos meio-pesados, Artem Vakhitov, como detentor do título interino da categoria. Após uma batalha disputada e acirrada, o brasileiro ficou com o título por decisão dividida dos jurados para realizar o feito histórico.

Em novembro de 2020, Alex Poatan, que já nocauteou Israel Adesanya – campeão dos médios do UFC – no Kickboxing, estreou no LFA com um nocaute sobre Thomas Powell. O lutador, aos 33 anos, vai se dividindo entre as modalidades. Por enquanto, o atleta ainda não tem nenhum novo compromisso marcado no MMA.

Irmã de Alex, Aline Pereira acabou sendo derrotada por Tiffany Van Soest por decisão unânime. A americana manteve o cinturão dos super-galos da franquia. Na luta principal, o astro holandês Rico Verhoeven nocauteou Tarik Khbabez e seguiu como campeão dos pesados, além de vencer pela terceira vez o marroquino. No co-main event, Cedric Doumbé, campeão linear dos meio-médios, despachou o holandês Murthel Groenhart, então campeão interino, e garantiu com sucesso a unificação dos títulos na categoria.