Um dos principais nomes do Brasil em ação no UFC atualmente, Charles do Bronx tem oito vitórias consecutivas na categoria peso leve e, certamente, já fez o necessário para receber uma disputa de título por parte da organização. Porém, o desejo do lutador e dos fãs brasileiros ainda não foi atendido, e no que depender de Dana White, presidente do Ultimate, também não será agora.

Em entrevista aos fãs durante um programa de perguntas e respostas da ESPN nesta semana, Dana foi questionado sobre quem vai ser o próximo adversário de Justin Gaethje, ex-campeão interino dos leves, e respondeu apontando o faixa-preta de Jiu-Jitsu: “Se tudo der certo, provavelmente será o Charles”.

Aos 31 anos, Do Bronx está no Ultimate desde 2010 e, no momento, soma oito triunfos consecutivos – sendo sete por nocaute ou finalização. Em sua última luta, em dezembro passado, o paulista derrotou Tony Ferguson por decisão unânime dos jurados. Já Gaethje, 32 anos, é ex-campeão do WSOF e chegou a faturar o cinturão interino peso-leve do UFC, no início de 2020, ao derrotar Ferguson. Na sequência, porém, o norte-americano acabou finalizado pelo campeão linear Khabib Nurmagomedov em disputa pela unificação.

Com Khabib atualmente “aposentado”, o peso leve conta com grandes combates programados para o início de 2021, de onde devem sair os dois atletas que irão disputar o título – entre eles ou com Nurmagomedov, em caso de um retorno do russo. Além do possível embate entre Do Bronx e Gaethje, Conor McGregor e Dustin Poirier se enfrentam no UFC 257, marcado para o dia 23 de janeiro, enquanto Michael Chandler, ex-campeão do Bellator, fará sua estreia na organização na mesma data, contra o neozelandês Dan Hooker.