Ex-campeão meio-pesado do UFC e um dos principais nomes na história da organização, Jon Jones vem se preparando para dar um novo passo em sua carreira. No fim do ano passado, o lutador avisou que iria subir para o peso pesado e, desde então, vem treinando e ganhando massa muscular de olho no desafio.

Recentemente, Jones usou as redes sociais para compartilhar que estava pesando 250 libras, o equivalente a 113kg. Antes, o americano atuava na categoria dos meio-pesados (até 93kg) – 20 quilos a menos do que ele está atualmente. O limite do peso pesado é 120kg. “Me sinto pronto para aceitar qualquer desafio, e essa é a primeira vez na minha carreira que posso dizer isso. Finalmente eu tenho o tamanho para enfrentar qualquer um”, postou o ex-campeão no Twitter, que ainda não tem data nem adversário para estrear na nova divisão.

“Não, eu não me preocupo com o cardio (resistência física), porque me mantenho em um nível muito alto de preparação, nível de um meio-pesado. Alguns desses caras (pesos pesados) podem até ser mais fortes que eu, mas eles não conseguem manter o mesmo ritmo que eu. Fui capaz de superar todos os meio-pesados e vou fazer o mesmo nos pesados. O nome disso é coração”, completou Jones, em resposta a um seguidor.

Com 33 anos e um cartel de 26 vitórias e apenas uma derrota no MMA profissional, Jones vai para uma classe de peso onde, mais do que nunca, sabe que sua técnica e movimentação serão exigidas, tendo em vista o alto poder de nocaute dos atletas no peso pesado, divisão que tem Stipe Miocic como atual detentor do cinturão. Sem lutar desde fevereiro de 2020, quando derrotou Dominick Reyes no UFC 247, “Bones” entrou em rota de colisão com o Ultimate, ameaçou não atuar mais pela organização e abriu mão do título meio-pesado, que atualmente pertence ao polonês Jan Blachowicz. Aos poucos, no entanto, ele foi refazendo seus planos e a tendência é que retome sua carreira em 2021, agora lutando pela categoria dos pesos pesados.

Veja abaixo: