A notícia de que Dana White, presidente do Ultimate, faria um anúncio especial sobre o futuro de Khabib Nurmagomedov – campeão peso-leve – durante a transmissão do UFC Fight Island 7, neste sábado (16), causou apreensão nos fãs do russo e desafiantes ao título da categoria. Porém, ao que parece, sabe-se mais do mesmo sobre as chances de Khabib retornar ao octógono. Segundo Dana, “The Eagle” deixou a porta aberta para uma possível volta, mas citou suas condições, entre elas ser impressionado por um adversário.

“Ele conquistou tudo o que se propôs a conquistar”, disse Dana, que foi informado. “Ele achou o Charles muito bem no duelo contra o Ferguson. No próximo sábado, temos a luta McGregor-Poirier e Chandler x Hooker”.

Aos 32 anos, Khabib anunciou sua aposentadoria do MMA em outubro do ano passado, após finalizar Justin Gaethje e aumentar seu cartel invicto para 29 triunfos. O motivo da decisão foi o falecimento do seu pai e mentor, Abdulmanap Nurmagomedov, em decorrência de complicações por causa do novo coronavírus. Segundo o russo, ele prometeu à mãe que nunca mais iria lutar depois do UFC 254. Dana, porém, pensa diferente, e após a reunião, acredita ser capaz de convencer o campeão a lutar ao menos mais uma vez.

“Suas palavras para mim foram: ‘Vou assistir essa luta (McGregor-Poirier)’. Ele disse: ‘Eu nunca amarraria a divisão, seguraria o cinturão, manteria ele longe de alguém. Esses caras precisam fazer algo espetacular. Me mostrem algo espetacular, me façam querer voltar e lutar’. Temos o Charles e duas boas lutas chegando, e se algum desses caras fizer algo especial, o Khabib vai enfrentar ele”, contou o presidente.

Desta forma, resta aguardar o desenrolar do UFC 257, marcado para o próximo dia 23 de janeiro, na “ilha da luta”, em Abu Dhabi (EAU), com a revanche entre Conor McGregor e Dustin Poirier no duelo principal, além de Michael Chandles x Dan Hooker no co-main event. Outro concorrente a vaga para enfrentar Khabib, o brasileiro Charles do Bronx, terceiro no ranking, postou no Twitter: “Obrigado, Khabib (pelo elogio). Mas com todo respeito, eu mereço e me sinto pronto para te desafiar pelo título. Vamos nessa! Espero vê-lo em breve”.